Weber manda à PGR notícia-crime contra Bolsonaro

Trata-se de uma ação que implica o chefe do Executivo por indicar o uso de hidroxicloroquina no enfrentamento à covid-19
-Publicidade-
O presidente da República teria cometido três irregularidades
O presidente da República teria cometido três irregularidades | Foto: Carlos Moura/SCO/STF

A pedido do PDT, a ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber enviou à Procuradoria-Geral da República uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro. Trata-se de uma ação que implica o chefe do Executivo por indicar o uso da hidroxicloroquina no enfrentamento ao coronavírus. Caberá à PGR decidir se uma investigação será aberta. Segundo o processo, encaminhado no dia 11, ao promover o uso do medicamento, Bolsonaro teria cometido três irregularidades: 1) pôr a vida ou saúde alheia em risco; 2) direcionar recursos públicos para aplicações diferentes das previstas em lei; 3) dispensar licitação fora das hipóteses previstas na Lei nº 8.666 de 1993. Reportagem publicada na edição 3 da Revista Oeste mostrou que pacientes com covid-19, os quais utilizaram a droga, se recuperaram da doença.

Leia também: “Alexandre de Moraes autoriza mais um inquérito contra Daniel Silveira”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

24 comentários Ver comentários

  1. O STF que pode até mandar prender em flagrante deputado federal, não pode devolver essa petição do PDT e mandar enfiar no “envelope”, e exigir que cumpram seus mandatos no Congresso trabalhando pelas reformas tão necessárias ao pais?. Custo enorme aos brasileiros dessas celebridades inúteis do legislativo e judiciário.

  2. Uma notícia-crime foi encaminhada ao Supremo Tribunal Federal com um pedido de prisão do ex-governador Ciro Gomes (PDT/CE) e do deputado federal Marcelo Freixo (PSOL/RJ). A denúncia foi encaminhada pelo vereador Nikolas Ferreira (PRTB), de Belo Horizonte.

    O texto da petição cita a Lei de Segurança Nacional (7.170/83), em que são previstas penas de prisão para “instigação de medidas violentas contra a vida e a segurança das autoridades públicas”. Ora, foi exatamente essa a lei usada pelo ministro Alexandre de Moraes para decretar, no último dia 16, a prisão “em flagrante” do deputado Daniel Silveira (PSL/RJ), que gravou um vídeo com ofensas e xingamentos a membros do STF.

    Brasil sem Medo

    Pai que dá em Chico também tem que dar em Francisco

  3. Prezado Paulo. Não consigo entender essa lógica!

    Existem milhares de médicos especialistas e outros tantos pesquisadores que afirmam e indicam que os procedimentos adotados com ivermectina, hidroxicloroquina, azitromicina, vitamina D, e outros, são eficazes no tratamento imediato de contaminados peloCOVID-19, o que é atestado pelo resultado empírico de quem obteve assim a cura!

    No entanto, o leigo que segue essa orientação, é taxado de opinião de leigo negacionista.

    Agora, o leigo que segue as orientações dos tantos médicos e pesquisadores que não concordam com esse tipo de procedimento, são leigos iluminados que atendem à Ciência.

    Sem discutir o que seja ciência, a pergunta pertinente é: Os médicos e especialistas que defendem o procedimento A são incompetentes, marginais, enquanto aqueles que optaram por B, são competentes e bons cidadãos?

    Sei que posso estar jogando palavras ao vento, mas entendo que leigo que se preza como cidadão responsável, para si, deverá seguir os procedimentos de A ou de B, de acordo com critérios peculiaríssimos a si próprio, mas jamais impor a alguém um procedimento que não tem a mínima capacidade de avaliar.

    Bolsonaro, como leigo, fez questão de expor o entendimento dos procedimentos A, não obrigou qualquer pessoa a segui-la, e tão somente disponibilizou os medicamentos úteis para utilização médica daqueles que entendem serem úteis a salvar vidas; o que de fato aconteceu e cada vez mais acontece.

    Portanto, o que está em jogo, antes mesmo de se tratar de um problema de saúde, é um problema de lógica, de uma mínima e adequada à vida formação cognitiva, que daria ao indivíduo a compreensão de que a ciência é necessária empírica, o que são apenas hipóteses e teorias, sem a comprovação prática, ainda não poderá ser abraçada pela Ciência!

    Nesse mesmo sentido, como pode um leigo, julgar que o diploma de uns é melhor do que o diploma de outros?

    E, para completar, é o STF que junto com a imprensa venal e aos medíocres partidos e alienados de esquerda (artistas, acadêmicos, e ignorantes idiotizados), todos leigos, quem nos tenta obrigar a situação B, execrando a situação A, todos os seus médicos e especialistas, bem como os cidadãos que livremente optaram pelo devido procedimento, num absoluto descaso com a vida alheia, falta de respeito à médicos e especialistas com anos salvando vidas, e uma brutal e imperdoável irresponsabilidade!

    Pouco adianta o que comento, pode ser, mas lógica e bom senso, pelo menos para questionamentos, é vital para o nosso desenvolvimento!

  4. É bom a ministra ir pra Porto Feliz e Porto Seguro pra ver na prática os resultados deste tratamento, os negacionistas deste tratamento já mataram muita gente.

    1. Infelizmente é verdade, os “negacionistas” dos tratamentos que têm salvo milhões de vidas, muitos de nós já somos testemunha disso, ou são corruptos ou pessoas enganadas por esses.
      Triste assim!

  5. Eu também acho que esse Bolsonaro, que é apenas um político carreirista, não deveria ficar anunciando um medicamento publicamente, como foi feito. Nem representante de industria farmacêutica ele é e jamais foi. Então tem algo aí que não está nos conformes mesmo. Palpite de leigo, tá ok?

    1. Também não sou da área de saúde, mas tenho a impressão que é justamente por contrariar os interesses dessa indústria bilionária que justifica tamanha perseguição. Afinal, a tal cloroquina já é utilizada há décadas. Repare só como tudo que o STF “legisla” (não é função dele) respalda os interesses globalistas dos grandes laboratórios, big techs, e entidades supranacionais, como o lixo da OMS.

    2. Prezado Paulo. Não consigo entender essa lógica!

      Existem milhares de médicos especialistas e outros tantos pesquisadores, que afirmam e indicam que todo o procedimento adotado com ivermectina, hidroxicloroquina, azitromicina, vitamina D, e outros, são eficazes no tratamento imediato de contaminados peloCOVID-19, o que é atestado pelo resultado empírico de quem obteve assim a cura!

      No entanto, o leigo que segue essa orientação, é taxada de opinião de leigo.
      Agora, o leigo que segue as orientações dos tantos médicos e pesquisadores que não concordam com esse tipo de procedimento, são leigos que atendem à Ciência.

      Sem discutir o que seja ciência, pois que basta ter em mente que há milhares de anos já se fazia ciências, e sem o conhecimento da química, física, matemática e das ciências naturais, sem teorias e hipóteses mais complexas, e muito menos sem os laboratoriais de pesquisas atuais, a pergunta pertinente é: Os médicos que optaram por A são incompetentes, marginais, de os médicos que optaram por B, são diferenciados, competentes e bons?

      Eu sei que provavelmente estou jogando palavras ao vento, mas leigo que se preza, para si e somente para si, é que deveria seguir os procedimentos de A ou de B, mas jamais impõe a alguém um procedimento que não tem a mínima capacidade de avaliar.

      Bolsonaro, como leigo, fez questão de expor a opinião dos médicos e especialista em A, não obrigou qualquer pessoa a segui-la, e disponibilizou os medicamentos para os médicos que assim entendem serem úteis à salvar vidas; o que de fato acontece.

      O que está em jogo, antes mesmo de se tratar de um problema de saúde, é um problema de lógica, de uma formação cognitiva saudável, de entender que a ciência é necessariamente empírica, o que são apenas hipóteses ainda não se tornou ciências!

      Nesse mesmo sentido, como pode um leigo, julgar que o “diploma” de uns é melhor que o “diploma” de outros?

      E para completar, é o STF que junto à imprensa venal e aos medíocres partidos e alienados de esquerda, todos leigos, que tenta nos obrigar a situação B, numa absoluta falta de respeito com os médicos e especialistas que entendem diferente, com um autêntico descaso com a vida alheia e uma brutal irresponsabilidade!

      Pouco adianta, imagino, o que afirmo, sei disso, mas lógica e bom senso, pelo menos para questionamentos, para com quem assim é bem-vindo, é vital para todo e qualquer desenvolvimento!

    3. Prezado Paulo. Não consigo entender essa lógica!

      Existem milhares de médicos especialistas e outros tantos pesquisadores que afirmam e indicam que os procedimentos adotados com os medicamentos mais baratos e já existentes, são eficazes no tratamento imediato de contaminados peloCOVID-19, o que é atestado pelo resultado empírico de quem obteve assim a cura!

      No entanto, o leigo que segue essa orientação, é taxado de opinião de leigo negacionista.

      Agora, o leigo que segue as orientações dos tantos médicos e pesquisadores que não concordam com esse tipo de procedimento, são leigos iluminados que atendem à Ciência.

      Sem discutir o que seja ciência, a pergunta pertinente é: Os médicos e especialistas que defendem o procedimento A são incompetentes, marginais, enquanto aqueles que optaram por B, são competentes e bons cidadãos?

      Sei que posso estar jogando palavras ao vento, mas entendo que leigo que se preza como cidadão responsável, para si, deverá seguir os procedimentos de A ou de B, de acordo com critérios peculiaríssimos a si próprio, mas jamais impor a alguém um procedimento que não tem a mínima capacidade de avaliar.

      Bolsonaro, como leigo, fez questão de expor o entendimento dos procedimentos A, não obrigou qualquer pessoa a segui-la, e tão somente disponibilizou os medicamentos úteis para utilização médica daqueles que entendem serem úteis a salvar vidas; o que de fato aconteceu e cada vez mais acontece.

      Portanto, o que está em jogo, antes mesmo de se tratar de um problema de saúde, é um problema de lógica, de uma mínima e adequada à vida formação cognitiva, que daria ao indivíduo a compreensão de que a ciência é necessária empírica, o que são apenas hipóteses e teorias, sem a comprovação prática, ainda não poderá ser abraçada pela Ciência!

      Nesse mesmo sentido, como pode um leigo, julgar que o diploma de uns é melhor do que o diploma de outros?

      E, para completar, é o STF que junto com a imprensa venal e aos medíocres partidos e alienados de esquerda (artistas, acadêmicos, e ignorantes idiotizados), todos leigos, quem nos tenta obrigar a situação B, execrando a situação A, todos os seus médicos e especialistas, bem como os cidadãos que livremente optaram pelo devido procedimento, num absoluto descaso com a vida alheia, falta de respeito à médicos e especialistas com anos salvando vidas, e uma brutal e imperdoável irresponsabilidade!

      Pouco adianta o que comento, pode ser, mas lógica e bom senso, pelo menos para questionamentos, é vital para o nosso desenvolvimento!

    4. Prezado Paulo, tentei lhe contrapor, mas não consigo me expressar porque o robô da Reviste Oeste não permite algumas palavras, naturalmente, já que não tem qualquer sentido o referido aplicativo interpretar o que digo.
      Não escrevo palavras chulas, não agrido e não invento; apenas opinião com base no que comentou e dita de maneira urbana, já que não se ganha nada apenas com agressões.
      Abraços!
      Lamentável essa conduta, reforça o cabresto que nos tentam impor.

  6. Me parece que há falta do que fazer. Só
    há questionamento em torno do atual Presidente. Não há processos pendentes de julgamento? Nossa, que maravilha😒

  7. Queiramos ou não, gostemos ou não, que fomos tomados por pessoas medíocres, amorais, prepotentes e más – Síndrome Dunning-Kruger.
    Tudo em consequência de nosso descaso para com a formação de nossos jovens e adolescentes há mais de 30 anos, após o regresso, pela Lei da Anistia de 1985, dos exiliados e banidos, com fulcro em suas necessidades de poder, sangue nos olhos por vingança e bolsos ávidos pelo nosso dinheiro.
    Agora, já é mais do que reconhecido o mal que permitirmos acontecer, formados sob as cartilhas de Gramsci e Paulo Freire, não há nada que mude as cabeças desses cidadãos, a amoralidade se dá por distorções de valores na formação do caráter, portanto, só nos resta enfrentá-los!

  8. VÃO COMEÇAR A PRENDER MÉDICOS TAMBÉM? ERA SÓ QUE FALTAVA!
    ESPERO QUE ‘OS MÉDICOS PELA VIDA’ – COM MAIS DE 10MIL MEMBROS – AJAM RAPIDAMENTE PRA DEFENDEREM A MEDICAÇÃO E O TRATAMENTO PRECOCE.
    O STF já contribuiu o suficiente nas mortes pela covid, não precisamos de mais vítimas.

  9. O Executivo que abra os olhos pois os incompetentes membros do nosso stf estão cada vez mais dando sinais de que irão enquadrar o presidente, pincipalmente pois agora não podem (espero) contar com o congresso. Impressionante a submissão de todos os brasileiros, sejam da inciativa pública ou privada, quanto aos atos inconstitucionais e parciais aplicados por essa corja de 11 almas vendidas, que estão ali apenas por interesses de políticos corruptos, não tem apoio algum da população mas fazem o trabalho sujo descaradamente e mancham cada vez mais essa instituição que deveria salvaguardar as leis e dar exemplo aos cidadãos.

  10. Inacreditável, há inúmeros trabalhos científicos sérios que este medicamento ajuda no combate à doença e vem uma ministra falando disto? Creio que iremos instalar um tribunal como Nuremberg,e estas mortes serão debitadas na conta destas pessoas .

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.