Além das capitais: Confira como ficou a eleição em 15 cidades

Oeste lista como foi o primeiro turno em municípios com mais de 600 mil habitantes
-Publicidade-
Foto: Arquivo/Agência Brasil
Foto: Arquivo/Agência Brasil | eleições fora das capitais - resultados

‘Oeste’ lista como foi o primeiro turno em municípios com mais de 600 mil habitantes

eleições fora das capitais - resultados
Foto: Arquivo/Agência Brasil
-Publicidade-
  • 1 – Guarulhos (SP)

Maior município do Brasil entre aqueles que não são capital estadual, Guarulhos ainda não tem definida a eleição para prefeito. Atual postulante do cargo, Guti (PSD) disputará a preferência do eleitorado com o ex-prefeito petista Elói Pietá (PT).

  • 2 – Campinas (SP)

No interior paulista, Campinas também irá para o segundo turno. Dário Saadi (Republicanos) e Rafa Zimbaldi (PL) foram os dois mais bem votados na disputa realizada no domingo 15. Eles registraram 26% e 22%, respectivamente.

  • 3 – São Gonçalo (RJ)

O petista Dimas Gadelha foi o mais bem votado no primeiro turno pela prefeitura de São Gonçalo. Com 31% dos votos válidos, ele disputará o segundo turno municipal com Capitão Nelson (Avante). O desafiante teve 23%.

  • 4 – Duque de Caxias (RJ)

Nem a plataforma de resultados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ousa afirmar que o processo eleitoral em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, está concluído. Isso porque, embora Washington Reis (MDB) tenha recebido o equivalente a 52,55% dos votos válidos, ele aparece como “não eleito”. A candidatura dele está sob judice. Ou seja: aguarda definição por parte da Justiça Eleitoral. Se ele for condenado e considerado inelegível, o pleito municipal será anulado.

  • 5 – São Bernardo do Campo (SP)

O tucano Orlando Morando foi reeleito prefeito da maior cidade da região conhecida como Grande ABC Paulista. Ele faturou a disputa ao receber 67,28% dos votos válidos logo no primeiro turno. Impôs, assim, derrota ao PT no domicílio eleitoral do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

  • 6 – Nova Iguaçu (RJ)

Também localizado na chamada Baixada Fluminense, Nova Iguaçu definiu seu processo eleitoral no primeiro turno. Não haverá segundo turno na cidade, pois Rogério Lisboa (PP) conquistou 62,10% dos votos válidos. Detalhe: Berriel (PT) fechou a eleição com 1,39%.

  • 7 – São José dos Campos (SP)

O município não terá segundo turno, pois um dos candidatos a prefeito angariou a maioria absoluta de votos válidos. E o vencedor foi Felício (PSDB). Ele fechou a apuração do primeiro turno — e a disputa local — ao registrar 58,21% dos votos.

  • 8 – Santo André (SP)

Paulo Serra ganhou o direito de administrar o município do ABC Paulista por mais quatro anos. Filiado ao PSDB, ele foi reeleito com 76,88%. Com o resultado, tornou-se o primeiro a conquistar a reeleição após 16 anos de alternância de poder.

  • 9 – Ribeirão Preto (SP)

Atual prefeito de Ribeirão Preto, o tucano Duarte Nogueira ficou a menos de 5% de conquistar a eleição no primeiro turno. Com 45,87% dos votos válidos, no entanto, ele terá de enfrentar mais uma etapa de campanha, na qual enfrentará Suely Vilela (PSB). Ela obteve 20,72%.

  • 10 – Jaboatão dos Guararapes (PE)

O eleitorado de Jaboatão dos Guararapes deu a vitória a Anderson Ferreira (PL) já no primeiro turno. Com a apuração da cidade finalizada, ele aparece com 54,26% dos votos válidos, tendo sido escolhido por mais de 144 mil eleitores.

  • 11 – Osasco (SP)

Rogério Lins (Podemos) é mais um prefeito na lista de reeleições em primeiro turno. Na disputa pelo Poder Executivo de Osasco, ele recebeu 60,94% dos votos válidos. Doutor Lindoso (Republicanos) foi o segundo colocado, o escolhido por menos de 20% do eleitorado.

  • 12 – Uberlândia (MG)

O ex-deputado federal Odelmo Leão (PP) foi reeleito com folga em Uberlândia. Na cidade do Triângulo Mineiro, ele alcançou 70% dos votos válidos. Dessa forma, ele conduzirá o município pela quarta vez em sua trajetória política.

  • 13 – Sorocaba (SP)

A disputa em Sorocaba também terá segundo turno. E ele será disputado entre Rodrigo Maga (Republicanos) e Jaqueline Coutinho (PSL). Na primeira rodada de votação, ele obteve 39,42% e figurou na liderança. Ela, por sua vez, seguiu na briga ao receber ontem 16,63% dos votos.

  • 14 – Contagem (MG)

Vizinha da capital Belo Horizonte, Contagem terminou o domingo 15 sem definição de quem ficará no comando da prefeitura. A cidade mineira precisará de segundo turno. A rodada final do pleito contará com a presença de Marília (PT) e de Felipe Saliba (DEM). Eles alcançaram 42% e 18%, respectivamente,

  • 15 – Feira de Santana (BA)

A briga PT X MDB estará ativa na maior cidade do interior baiano. Em Feira de Santana, o segundo turno será disputado entre o petista Zé Neto e o emedebista Colbert Martins. O primeiro teve 41,55% dos votos válidos. O segundo ficou com 38,1%.

____________________

Oeste nas eleições 2020 (e nas redes sociais). Confira em nossa fan page e em nosso perfil no Twitter os principais destaques do primeiro turno do pleito brasileiro.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site