Confira os principais acontecimentos da semana

Oeste selecionou as notícias mais importantes
-Publicidade-
| Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
| Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

Oeste selecionou as notícias mais importantes

Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
-Publicidade-

Segunda-feira 13: A Câmara dos Deputados aprovou uma medida que garante R$ 90 bilhões dos cofres da União aos Estados e municípios. O pacote de ajuda surgiu em razão de os entes federativos apresentarem queda na arrecadação de impostos por causa das medidas de isolamento social. Caso passe no Senado, o presidente Jair Bolsonaro deve vetar a proposta.

Terça-feira 14: O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, suspendeu o repasse de verbas para a Organização Mundial da Saúde (OMS). Trump alega que a OMS ajudou a acobertar o potencial de expansão do coronavírus. No Brasil, em meio à crise, os legislativos estaduais do Rio de Janeiro e São Paulo aprovaram reajustes salariais aos funcionários públicos.

Quarta-feira 15: Ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram pautar para o dia 24 a votação acerca do aborto para gestantes infectadas pelo zika vírus, porém, a medida não agradou as redes sociais. No Brasil, 55% dos pacientes que tiveram a covid-19 se recuperaram. Em bom português: mais de 14 mil pessoas estão livres da doença.

Quinta-feira 16: Luiz Henrique Mandetta se tornou ex-ministro da Saúde. Para substituí-lo, o presidente Jair Bolsonaro escolheu o oncologista Nelson Teich. A Caixa Econômica Federal começou a pagar a 1 parcela do ‘coronavoucher‘ para os beneficiários do Bolsa Família. Trabalhadores que se cadastraram pelo aplicativo também foram contemplados.

Sexta-feira 17: Mais de meio milhão de pessoas se curaram da covid-19 em todo o mundo. A Alemanha apresentou o melhor índice: 81.800 pacientes recuperados e decidiu suavizar as medidas de isolamento social. Enquanto isso, um relatório garante que a China ocultou a extensão do coronavírus por seis dias. Portanto, a omissão fez do patógeno uma pandemia.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site