Dr. Pessoa encerra ciclo de poder do PSDB em Teresina

Tucanos não haviam perdido nenhuma eleição local desde 1996
-Publicidade-
Dr. Pessoa, do MDB, vai comandar Teresina | Foto: Divulgação
Dr. Pessoa, do MDB, vai comandar Teresina | Foto: Divulgação | dr. pessoa - prefeito eleito de teresina - mdb x psdb

Tucanos não haviam perdido uma eleição local desde 1996

dr. pessoa - prefeito eleito de teresina - mdb x psdb
Dr. Pessoa, do MDB, vai comandar Teresina | Foto: Divulgação
-Publicidade-

Um ciclo de poder interrompido. Assim pode ser definido o resultado final da eleição para prefeito em Teresina. Com a vitória confirmada de Dr. Pessoa (MDB), o PSDB ficará de fora da administração local pela primeira vez desde 1996.

Leia mais: “Psol chega ao poder em Belém”

No pleito de 2020, os tucanos da capital do Piauí tentaram se manter no poder. Kleber Montezuma foi o candidato do PSDB, conseguiu ir para o segundo turno, mas perdeu no confronto direto com o emedebista. O resultado está em 62% a 38% para o representante do MDB. Com quase 90% das urnas apuradas, ele não corre mais o risco de perder.

Para superar o tucanato de Teresina, Dr. Montezuma se aliou ao PRTB e ao PSB. Os socialistas, aliás, foram os responsáveis por indicar o vice: Robert Rios.

Segunda tentativa

Essa foi a segunda tentativa de Dr. Pessoa de se tornar prefeito de Teresina. Em 2016, quando estava filiado ao PSD, ele não obteve o êxito conquistado agora. Antes de mirar o Poder Executivo, o médico, de 74 anos, atuou como vereador e deputado estadual.

Interrupção do domínio tucano

Tirando o intervalo de 2010 a 2012, quando teve o então vice Elmano Férrer (PTB) como prefeito, Teresina vinha elegendo prefeitos tucanos desde o pleito de 1996. Nesse período, os representantes do PSDB foram Sílvio Mendes (um mandato e meio) e Firmino Soares Filho (que está na reta final de seu quarto mandato).

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comments

  1. Um pequeno errinho no quarto parágrafo, abaixo de “Segunda tentativa”: é a segunda tentativa do Dr. Pessoa, o candidato eleito e não do Dr. Montezuma.

    1. Isso! Erro devidamente corrigido, Jenisvaldo. Abraços e obrigado pela parceria e pelo olhar atento. E, claro, desculpe-me pelo equívoco.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site