O dever da dúvida

Em uma série de 14 publicações no Twitter, o consultor Leonardo Coutinho reflete sobre o papel da imprensa na cobertura da crise do coronavírus e faz um convite ao leitor…
-Publicidade-

Em uma série de 14 publicações no Twitter, o consultor Leonardo Coutinho reflete sobre o papel da imprensa na cobertura da crise do coronavírus e faz um convite ao leitor e aos jornalistas para exercitarem o bom e sábio ato de duvidar

    -Publicidade-
  • Duvidar do estudo do King´s College London sobre a efetividade do isolamento horizontal. Afinal, ciência não é religião.
  • Duvidar dos números do Partido Comunista Chinês que ocultou informações da população e das autoridades globais, atrasando a tomada de decisão em países do Ocidente.
  • Duvidar que a China tem real interesse em ajudar outros países vítimas da covid-19 a sair do buraco.
  • Duvidar que toda a imprensa esteja fazendo uma cobertura isenta da crise global, sem interesses eleitoreiros para derrubar um “governo do qual ela quer se livrar”.

É fato que estamos todos diante de um inimigo invisível e desconhecido. Mais um motivo para desconfiar de fontes, dados, números, gráficos e pesquisas. Diz-se que a verdade é a primeira vítima da guerra. O alerta de Coutinho é para que ela não seja sacrificada.

Confira a lista de Coutinho no Twitter:

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.