Papa Francisco abençoa Biden e o parabeniza pela ‘vitória’

Líder da Igreja Católica não tem boa relação com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump
-Publicidade-
Papa Francisco: silêncio frente a igrejas queimadas no Chile e acordo com o Partido Comunista Chinês <br> Foto: Gabriel Andrés Trujillo Escobedo/Wikimedia Commons
Papa Francisco: silêncio frente a igrejas queimadas no Chile e acordo com o Partido Comunista Chinês
Foto: Gabriel Andrés Trujillo Escobedo/Wikimedia Commons | papa francisco, ana paula henkel, papa joão paulo ii, igreja católica, china, partido comunista chinês,

Líder da Igreja Católica não tem boa relação com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

papa francisco, ana paula henkel, papa joão paulo ii, igreja católica, china, partido comunista chinês,
Internautas afirmam que o papa Francisco tem lado
Foto: Gabriel Andrés Trujillo Escobedo/Wikimedia Commons

Ao conversar por telefone com o papa Francisco, na quinta-feira 12, Joe Biden recebeu as bênçãos de Sua Santidade. Além disso, o pontífice parabenizou o democrata pela “vitória” nas eleições dos Estados Unidos. A grande mídia considera que Trump saiu derrotado da disputa pela Casa Branca. Biden agradeceu ao líder da Igreja Católica e afirmou que deseja trabalhar com os cristãos na erradicação da pobreza, enfrentamento das “mudanças climáticas” e em temas ligados à imigração e refugiados. “O presidente eleito destacou seu apreço por Sua Santidade na promoção da paz, reconciliação e dos laços comuns da humanidade em todo o mundo”, informou nota da equipe de transição de Biden.

-Publicidade-

O tom amistoso entre Francisco e Biden é bem diferente da relação que o santo padre teve com o presidente Donald Trump. No início de 2019, o projeto do republicano de erguer um muro na fronteira com o México foi criticado. Em fevereiro de 2016, quando Trump tentava a indicação do Partido Republicano para a Casa Branca, o papa disse durante uma visita ao México que alguém que pensa em construir muros no lugar de pontes “não é cristão”. Trump respondeu com uma declaração ríspida na ocasião: “É uma vergonha um líder religioso questionar a fé de alguém”. Em 14 de dezembro, o Colégio Eleitoral dos Estados Unidos vai ratificar o candidato vencedor nas urnas deste ano.

Leia também: “Vaticano renova acordo com o Partido Comunista da China”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Para que apoia os maiores ladrao do mundo isso ai nao e novidade esse papa e uma vergonha para os catolicos e para a propria igreja que deveriam sim exigir a renuncia desse comunista charlatao

  2. Esse papa ,bocal,comunista e demagogo.O muro entre o México e os Estados Unidos , tem PORTA. Passa pela porta gente que presta .O triste é receber o LULA. Comunista demagogo. E a contagem nos USA,ainda não acabou.

  3. É triste ver a Igreja Católica com um líder mais preocupado com suas preferencias políticas do que a finalidade do posto. Enquanto isso as igrejas evangélicas(excluir os pastores eletrônicos e suas igrejas) e as doutrinas espíritas acolhem aqueles que necessitam realmente do esclarecimento do evangelho de Cristo.

  4. Um CHARLATÃO desses deveria se despir destas vestes carnavalescas para não dizer outra coisa, se filiar a um partido político de extrema esquerda, colocar um terninho e se candidatar a algum cargo público naquele seu país de origem para ver se consegue ao menos diminuir o vergonhoso título de país mais infectado do mundo. De sacerdote esse VIGARISTA (denominação bem apropriada) de nada tem. Vá fazer companhia aos Kirchneristas seu VAGABUNDO.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.