Semana pode ser decisiva para a PEC da 2ª instância

Retorno dos trabalhos da comissão especial que trata do tema pode ser autorizado
-Publicidade-
Dep. Fábio Trad (PSD/ MS) | Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Dep. Fábio Trad (PSD/ MS) | Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Retorno dos trabalhos da comissão especial que trata do tema pode ser autorizado

Fábio Trad
Dep. Fábio Trad (PSD/ MS) | Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O caso André do Rap reacendeu a discussão sobre a prisão após condenação em 2ª instância. Se a PEC que trata do tema estivesse aprovada, o traficante estaria preso.

-Publicidade-

No início do mês, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que o texto será pautado até dezembro.

O relator, deputado Fábio Trad (PSB/MS), disse que, nesta semana, a luta é conseguir autorização para que a Comissão Especial que discute o tema possa voltar a trabalhar.

“O Brasil é o único país do mundo que, para se concretizar uma decisão, é preciso percorrer quatro graus de jurisdição. Não é possível conviver com essa anomalia”, disse o deputado a Oeste nesta sexta-feira, 16.

Ele defendeu que sem a presença permanente da imprensa e o apoio da população não haverá “força suficiente para aprovar a PEC da 2ª instância”. Acompanhe:

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro