Austrália aprova lei que obriga Facebook e Google a pagar por notícias

Essa é a primeira legislação do tipo no mundo, e sua implementação é acompanhada com interesse pelos governos de vários países
-Publicidade-
Facebook e Austrália entraram, enfim, em acordo
Facebook e Austrália entraram, enfim, em acordo | Foto: Reprodução/Flickr

O Parlamento da Austrália aprovou nesta quinta-feira, 25, uma lei que obriga empresas de tecnologia, como Google e Facebook, a pagar pelo uso de conteúdo jornalístico. Essa é a primeira legislação do tipo no mundo, e sua implementação é acompanhada com interesse pelos governos de vários países. A lei “vai assegurar que os meios de comunicação social recebam uma remuneração justa pelo conteúdo que geram, o que ajudará a manter o jornalismo de interesse público na Austrália”, disse o secretário do Tesouro, Josh Frydenberg. O governo australiano fez nesta terça-feira uma série de alterações à proposta original, apresentada em dezembro, depois de o Facebook ter bloqueado as notícias no país em protesto contra a legislação. As emendas foram o resultado de uma reunião entre Frydenberg e o presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, realizada hoje. Em troca, a mídia social concordou em levantar o bloqueio a notícias que impôs no país.

Leia também: “Facebook fecha o cerco sobre a Austrália”

-Publicidade-

Com informações do DW

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.