Austrália avalia software para bloquear comentários ‘prejudiciais’ na internet

As mensagens consideradas impróprias serão ocultada das contas de clubes de futebol e de jogadores do país
-Publicidade-
O objetivo do projeto é blindar os jogadores que usam as redes sociais
O objetivo do projeto é blindar os jogadores que usam as redes sociais | Foto: Divulgação

Para blindar os jogadores de futebol dos comentários nas redes sociais considerados “impróprios”, a Liga de Futebol da Austrália vai usar a inteligência artificial para filtrar as contas dos atletas.

O sindicato e a liga australiana se uniram à empresa britânica GoBubble para usar um software projetado par ocultar comentários considerados de ódio nos canais de mídia social.

De acordo com a empresa, o software é capaz de escanear palavras, frases, símbolos e imagens e verificá-los em relação ao conteúdo. Ele será aplicado nas contas da liga, dos clubes e dos jogadores.

-Publicidade-

O objetivo é evitar que os administradores da conta e os seguidores vejam comentários considerados prejudiciais pela máquina na Austrália. No entanto, as postagens ofensivas ainda serão visíveis para o próprio remetente e seus seguidores, só que o software vai limitar o alcance.

“O futebol tem um poder único de conectar pessoas de todas as esferas da vida, e queremos que aqui seja o lugar mais acolhedor e seguro em todos os níveis”, disse o executivo-chefe da liga australiana, Danny Townsend.

“Não há lugar para abuso on-line em nosso jogo, e essa mudança faz parte do nosso dever de cuidar dos jogadores e nossos fãs. A tecnologia protege qualquer pessoa que siga contas de jogadores, clubes e ligas de ver abusos prejudiciais e mantém nossas comunidades seguras”, acrescentou.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Daqui a pouco será proibido torcer contra o time adversário e xingar juiz pelo pênalti roubado. Claro, que com o apoio da porcaria de imprensa que grassa por aqui e mundo afora. Raríssimas são as exceções.

  2. Bom, nesse mundo rosa, onde todo mundo é sensível demais, bom para eles. Afinal, a crítica não fortalece mais as pessoas. Lembro da época onde alguém falava algo que não devia, ouvia o que não queria. Época boa.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.