China e Rússia apresentam plano para criar estação científica internacional na Lua

De acordo com os países liderados por Xi Jinping e Vladimir Putin, o objetivo é concluir a obra até 2035
-Publicidade-
Xi Jinping e Vladimir Putin firmaram nova parceria
Xi Jinping e Vladimir Putin firmaram nova parceria | Foto: Reprodução/Kremlin

As delegações de China e Rússia apresentaram nesta quarta-feira, 16, um plano para criar estação científica internacional na Lua. De acordo com os países liderados por Xi Jinping e Vladimir Putin, o objetivo é concluir a obra até de 2035.

A estação vai ser construída em três estágios. Durante o primeiro, de 2026 a 2030, as nações vão iniciar as operações conjuntas, obter amostras da superfície lunar e testar as tecnologias do centro de comando da estação.

No segundo estágio, de 2031 a 2035, os países vão implantar sistemas responsáveis pela energia, comunicação e entrega de equipamentos na órbita e na Lua.

-Publicidade-

Na terceira etapa, por fim, China e Rússia pretendem colocar a estação científica internacional totalmente em serviço.

Leia também: “China nega vazamento radiológico em usina nuclear”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site