Spotify alega censura e anuncia suspensão dos serviços na Rússia

A saída foi justificada por causa da legislação russa que pune a divulgação de notícias consideradas falsas pelo Kremlin
-Publicidade-
A companhia sueca fechou seu escritório na Rússia no início deste mês
A companhia sueca fechou seu escritório na Rússia no início deste mês | Foto: Divulgação

O Spotify anunciou a suspensão de todos os serviços na Rússia enquanto a invasão da Ucrânia continuar.

A empresa enviou um comunicado à imprensa na sexta-feira 25 no qual justifica a saída por causa da nova legislação russa que pune a divulgação de notícias consideradas falsas sobre baixa de militares ou outros dados da guerra.

Essa lei, aprovada recentemente, pune com até 15 anos de prisão quem for considerado culpado pelas autoridades locais. Como o Spotify é lar de muitos podcasts, a chance de algum deles ser considerado irregular pelo Kremlin é bastante grande, fato que poderia trazer graves consequências para a plataforma.

-Publicidade-

A companhia sueca fechou seu escritório na Rússia no início deste mês e impôs restrições à capacidade dos usuários de encontrar programas divulgados pela mídia estatal russa. Também removeu conteúdo de RT e Sputnik apoiados pelo Estado russo na União Europeia e em outros mercados. Na época, o Spotify disse que era importante manter seu serviço operacional na Rússia para permitir o fluxo de informações.

Segundo a empresa, a legislação russa restringe ainda mais o acesso à informação, elimina a liberdade de expressão e criminaliza certos tipos de notícias.

“Depois de considerar cuidadosamente nossas opções e as circunstâncias atuais, chegamos à difícil decisão de suspender totalmente nosso serviço na Rússia”, informou o Spotify.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.