USP seleciona 7 medicamentos com potencial para combater o coronavírus

Produtos ainda precisam ter sua eficácia contra a doença comprovada em ensaios de laboratório e em testes em humanos
-Publicidade-
O resultado é fruto da análise de 11 mil produtos
O resultado é fruto da análise de 11 mil produtos | Foto: Divulgação/AstraZeneca

Pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) encontraram sete medicamentos com potencial para conter a replicação do Sars-CoV-2, o coronavírus que causa a covid-19. O resultado é fruto de uma análise computacional com 11 mil produtos. Entretanto, antes de serem receitados, eles ainda precisam ter sua eficácia contra a doença comprovada em ensaios de laboratório e em testes em humanos.

Leia também: “Veneno de cobra pode combater o coronavírus”

A lista é composta de três antibióticos (enviomicina, diidroestreptomicina e viomicina), um vasoconstritor (angiotensinamida) e um produto natural (hexassacarídeo), além do naratriptano (usado contra crises de enxaqueca) e do fenoterol (indicado para o tratamento sintomático da crise aguda de asma e bronquite obstrutiva crônica).

-Publicidade-

“A estratégia de usar esses fármacos é porque já são moléculas aprovadas e utilizadas no mercado, e isso facilita para conseguir a utilização imediata, já que todo o processo de validação, de toxicidade e efeitos colaterais está estabelecido”, disse à CNN Cristiane Guzzo, professora do ICB-USP e coordenadora do estudo.

O processo de seleção

A pesquisa ocorreu entre os 11 mil fármacos incluídos no banco de dados de medicamentos DrugBank. O primeiro descarte atingiu 2,5 mil deles. Dos 8,5 mil restantes, foram selecionados 14 medicamentos cuja a utilização é distribuída em tratamentos de enxaqueca, doenças respiratórias e ação antimicrobiana, incluindo também produtos naturais. Dentro desse grupo, a simulação computacional encontrou as moléculas mais estáveis no sítio ativo da principal enzima do novo coronavírus.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários

    1. Hipocrisia pura
      Porque não usam ivermectina hidroxicloroquina azitromicina zinco?
      Porquê são remédio do governo.
      Essa classe médica ligada à laboratórios farmacêuticos e a interesses financeiros e escusos já passou do limite. Enquanto os verdadeiros herói salvam vidas com medicamentos que existem e são usados sem contra indicação ha anos esses politiqueiros querem inventar a roda…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro