Embrapa desenvolve nova variedade de maçãs

A Purple Gala tem esse nome por ser totalmente vermelha e está em fase de validação
-Publicidade-
A nova variedade de maçã está sendo testada entre o consumidores
A nova variedade de maçã está sendo testada entre o consumidores | Foto: Divulgação/Embrapa

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) está testando uma nova variedade de maçã. A Purple Gala, que tem esse nome por ser totalmente vermelha, é fruto de uma parceria com a Jardim dos Clones.

O produto é a primeira variedade brasileira do grupo gala do tipo “full color” — com coloração homogênea. “Ela é uma mutação natural que tem todas as características positivas e a alta aceitação das maçãs gala, acrescida de uma cor de casca excepcional”, afirma Paulo Ricardo Oliveira, pesquisador da área de melhoramento genético da Embrapa Uva e Vinho. “Trata-se de um vermelho intenso, com recobrimento compacto da epiderme dos frutos, com a distribuição uniforme da coloração superficial e sem estrias.”

Surgimento da nova variedade de maçã

-Publicidade-

Inicialmente, o novo fruto foi identificado e selecionado pelo engenheiro-agrônomo João Zuanazzi, em 2013. Ele observou uma mutação da variedade Royal Gala em um pomar no município de Vacaria (RS).

Na sequência, um grupo de produtores, atualmente reunidos na empresa Jardim dos Clones Produção e Comercialização de Frutas e Mudas, convidou a Embrapa para participar da avaliação desse novo clone da gala, que chamou a atenção por produzir frutos de coloração 100% vermelha. A parceria gerou a colaboração técnica para desenvolver a planta.

Testando o fruto

Na safra deste ano, 145 toneladas da fruta já foram colhidas em de Vacaria. “A Purple é o sonho dos consumidores brasileiros que ‘compram com os olhos’ e sempre buscam uma fruta toda vermelha”, comenta Valdir Andrade, gerente comercial da Castelo, que está comercializando a fruta durante a validação.

O volume da nova variedade de maçãs disponível fez com que a estratégia adotada fosse a escolha pelo mercado premium, distribuindo em pontos de venda selecionados em Centrais de Abastecimento (Ceasa) no Nordeste, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. “Se tivéssemos uma quantidade maior da Purple Gala, teríamos ampliado o mercado”, avalia Andrade.

“É uma maçã que chama a atenção”, afirmou. “Todos querem comprar. Ela vende rápido e por um preço 10% superior em relação às opções disponíveis no mercado brasileiro hoje. Com certeza, será uma ótima opção para abastecer o mercado interno e alavancar as exportações”.

Leia também: “Potássio para dar e vender”, reportagem de Artur Piva para a Edição 102 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

    1. Paulo ,sou engenheiro agrônomo e trabalhei alguns anos na assistência técnica à produção de maças e também prefiro a variedade Fuji , para mim é a mais gostosa !

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.