5 notícias mais lidas da Oeste

Caso do professor que humilhou um aluno por defender o agronegócio foi o que chamou mais a atenção
-Publicidade-
Escola Avenues | Foto: Divulgação/Avenues
Escola Avenues | Foto: Divulgação/Avenues | Um aluno da Escola Avenues foi humilhado por um professor

A semana foi marcada pela continuidade da invasão russa à Ucrânia e novas movimentações no tabuleiro político para as eleições de outubro, mas o que despertou maior interesse nos leitores de Oeste foi o caso do professor que humilhou um aluno que, depois de ouvir uma apresentação da indígena Sônia Guajajara recheada de críticas ao agronegócio brasileiro e ao governo federal, pediu a palavra e expôs suas discordâncias. Veja as cinco notícias mais acessadas:

1) Professor que humilhou aluno em escola de SP não tem diploma de Harvard

O professor Messias Basques, responsável por humilhar um aluno da Escola Avenues durante uma palestra da indígena Sônia Guajajara, não possui diploma da Universidade Harvard. Quando usou seus títulos acadêmicos para menosprezar o estudante que defendeu o agronegócio brasileiro, o docente afirmou repetidas vezes ser “especialista” na instituição.

-Publicidade-

2) Professor humilha aluno em escola de São Paulo

Durante uma palestra da indígena Sônia Guajajara na Escola Avenues, em São Paulo, um aluno foi humilhado por um professor da instituição. Isso porque, depois de ouvir a apresentação da ex-candidata à Vice-Presidência, recheada de críticas ao agronegócio brasileiro e ao governo federal, o estudante pediu a palavra e expôs suas discordâncias.

3) Escola minimiza atitude de professor que humilhou aluno

A Escola Avenues emitiu uma nota em que minimiza a atitude do professor que humilhou um aluno durante uma palestra da indígena Sônia Guajajara. “Durante o momento reservado a perguntas, um aluno discordou da senhora Guajajara de maneira desrespeitosa”, diz o texto. “Em seguida, um professor corrigiu o aluno de uma maneira que também foi inapropriada. Além disso, um aluno gravou a sessão sem autorização, e um trecho foi divulgado fora de nossa comunidade.”

4) Professores da FGV apoiam professor que humilhou aluno em escola de São Paulo

Alunos e professores da Fundação Getulio Vargas de São Paulo (FGV-SP) divulgaram uma carta abertaem que manifestam apoio ao professor responsável por humilhar um aluno da Escola Avenues. “No dia 4 de abril de 2022, durante uma palestra na Escola Avenues, em São Paulo, Basques defendeu a liderança Sônia Guajajara”, diz o texto.

5) Pais de estudantes protestam contra escola onde aluno foi humilhado

Cerca de 150 pais de alunos da escola de elite paulistana Avenues, onde um aluno foi humilhado por um professor, fizeram um abaixo-assinado reivindicando ações do colégio para evitar que episódios parecidos se repitam. O documento foi enviado para o diretor da escola.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.