ANDP investiga vazamento de 223 milhões de CPFs

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados assegurou que atuará pela punição dos responsáveis pelo ato
-Publicidade-
ANDP investiga vazamento de 223 milhões de CPFs
ANDP investiga vazamento de 223 milhões de CPFs | Foto: Carlos Emir/Futura Press/Estadão Conteúdo

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANDP) informou que investiga o vazamento de informações pessoais de 223 milhões de cidadãos. O caso expôs dados como CPF, endereço, telefone, e-mail, score de crédito e salário da população. “Desde que tomou conhecimento dos fatos noticiados, a ANPD tomou providências para análises”, afirmou a entidade, em nota. “Nós já oficiamos outros órgãos para investigar e auxiliar na apuração e adoção de medidas de contenção e mitigação de riscos.” No comunicado, a ANPD assegurou que vai analisar se houve violações à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A autoridade prometeu ainda que vai atuar junto às demais instituições competentes pela punição dos responsáveis pelo vazamento.

Leia também: “‘Hacker’ pode ganhar R$ 80,8 milhões com dados vazados”

Com informações do CanalTech

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro