Após pressão dos bancos, Senado deixa de pautar teto para juros

De acordo com o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), os parlamentares precisam de mais tempo para debaterem a proposta
-Publicidade-
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

De acordo com o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), os parlamentares precisam de mais tempo para debaterem a proposta

Projetos criam teto de juros para o cartão de crédito e cheque especial – Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado
-Publicidade-

Os senadores recuaram, e tiraram da pauta desta semana, o projeto de lei que criaria um teto de juros para os cartões de crédito e cheque especial. De acordo com o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), os parlamentares precisam de mais tempo para debaterem a proposta.

A decisão ocorre logo após as principais instituições bancárias enviarem notas técnicas contra a medida para os parlamentares.

“A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) vê com preocupação o projeto de lei 1.328, que suspende a cobrança de parcelas do crédito consignado, durante o estado de calamidade pública, e com o projeto de lei 1.166, que limita a taxa de juros para as operações de cartão de crédito e de cheque especial. Além da elevação da tributação da CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) de 20% para 50%, dentre outras iniciativas”, afirmou a federação.

O adiamento da matéria ocorreu mesmo sem a concordância por parte do autor da matéria, Alvaro Dias (Podemos-PR), e do relator Lasier Martins (Podemos-RS). Líder da maioria no Senado, Eduardo Braga (MDB-AM), afirmou que ficou surpreso com o adiamento.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site