Bolsonaro: se pandemia continuar, auxílio emergencial será mantido

O presidente não deu maiores detalhes sobre como se daria a eventual prorrogação nem falou a respeito de valores
-Publicidade-
Jair Bolsonaro afirmou que há possibilidade de nova prorrogação do auxílio emergencial
Jair Bolsonaro afirmou que há possibilidade de nova prorrogação do auxílio emergencial | Foto: Divulgação/Planalto

O presidente Jair Bolsonaro admitiu nesta sexta-feira, 30, que o governo federal pode manter o pagamento do auxílio emergencial caso a pandemia de covid-19 não chegue ao fim nos próximos meses. A declaração foi dada durante entrevista à Rádio 89FM, de São Paulo.

O auxílio teve sua vigência prorrogada por mais três meses, até outubro deste ano. Os valores pagos variam entre R$ 150 e R$ 375, e o benefício contempla mais de 39 milhões de brasileiros. Antes da prorrogação, a última parcela estava programada para julho.

Leia mais: “Governo deve enviar MP de novo programa social nos próximos dias, afirma João Roma”

-Publicidade-

“A gente espera que, com a vacina e a questão da pandemia sendo dissipada, não seja mais preciso isso. Mas, se porventura continuar, nós manteremos o auxílio emergencial”, afirmou Bolsonaro. O presidente não deu maiores detalhes sobre como se daria a eventual prorrogação nem falou a respeito de valores.

Leia também: “Desemprego fica em 14,6% e atinge 14,8 milhões, aponta IBGE”

“Temos que pensar nisso e gastar dinheiro nisso, ou se endividar, o que é a palavra mais correta, para atender aos mais necessitados até que a economia volte a ser normalizada”, disse Bolsonaro. Ainda segundo o presidente, a “economia formal está indo bem” no país.

Leia também: “Brasil gera 1,5 milhão de empregos formais no primeiro semestre”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.