Brasil tem queda de 11% nos homicídios no primeiro trimestre

Segundo o Monitor da Violência, apenas cinco Estados tiveram elevação nos índices: Maranhão, Paraíba, Piauí, Pará e Roraima
-Publicidade-
Número de assassinatos caiu nos três primeiros meses de 2021 no Brasil
Número de assassinatos caiu nos três primeiros meses de 2021 no Brasil | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Brasil registrou uma queda de 11% nos homicídios durante o primeiro trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2020. É o que aponta o Monitor da Violência, divulgado nesta segunda-feira, 31, pelo Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O levantamento toma como base dados oficiais dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal.

Nos três primeiros meses de 2021, o país contabilizou 10.663 mortes violentas, ante 12.007 do primeiro trimestre do ano passado (1.344 a menos). Estão incluídas nesse número as vítimas de homicídios dolosos (incluindo feminicídios), latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Em 2020, após dois anos seguidos de queda nos índices de assassinatos, o Brasil voltou a registrar alta.

Leia mais: “Assessor de deputado de SP é morto a tiros de fuzil”

-Publicidade-

Segundo o novo levantamento, apenas cinco Estados do país registraram elevação nos índices de violência no período: Maranhão, Paraíba, Piauí, Pará e Roraima.

Com informações do G1

Leia também: “PF deflagra operação contra tráfico internacional de drogas”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.