Capitólio: 7 mortos e 20 desaparecidos, segundo os Bombeiros

As buscas com a equipe de mergulhadores foram encerradas no começo da noite, mas serão retomadas no domingo pela manhã
-Publicidade-
Três lanchas com turistas foram atingidas pelas pedras na cidade turística de Capitólio
Três lanchas com turistas foram atingidas pelas pedras na cidade turística de Capitólio | Foto: Reprodução

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais informou no final da tarde deste sábado, 8, que sete turistas morreram no acidente em Capitólio, depois que três barcos foram atingidos por um deslizamento de pedras.

“Trabalhamos com informações de testemunhas, agentes de turismo e familiares. Estamos com a suspeita de 20 pessoas desaparecidas”, informou o porta-voz dos Bombeiros.

Ainda segundo a corporação, as buscas com a equipe de mergulhadores foram encerradas no começo da noite, mas serão retomadas no domingo pela manhã.

-Publicidade-

Ao todo, 29 pessoas foram resgatadas com vida e encaminhadas para o serviço médico de três cidades da região. 23 tiveram ferimentos leves e foram liberadas.

A Marinha do Brasil isolou o local. Um inquérito foi aberto para investigar o acidente.

O acidente

Um deslizamento de pedras no Lago de Furnas, na cidade turística de Capitólio, no centro-oeste de Minas Gerais, atingiu três embarcações com turistas neste sábado, 8.

Um vídeo que circula pela internet e cuja veracidade foi confirmada pelos Bombeiros mostra o momento em que um dos cânions se desprende da encosta e atinge as lanchas.

Segundo a corporação, a princípio, uma “cabeça d’água” (aumento repentino do nível do rio por causa da chuva) fez com que as pedras deslizassem e caíssem de uma altura de mais de 5 metros, atingindo as lanchas.

No fim da manhã, a Defesa Civil do Estado havia emitido um alerta para chuvas intensas na região de Capitólio com possibilidade de “cabeças d’água”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

10 comentários Ver comentários

  1. Estão falando aí em cabeça d’água só que no vídeo não mostra isso. Mesmo porque se estivesse no meio de uma tempestade dessa não teria turista ali debaixo. A menos que essa chuva tenha caído rio acima mas a cachoeira ali do lado não está com tanta água assim. Ao que parece foi mesmo um acidente natural que por fatalidade, ocorreu justamente quando havia pessoas no local.

    1. Cara tem video por toda a Internet mostrando a tromba dagua chegar de repente nas 2 cachoeiras ao lado dessa e o pessoal dos outros batcos gritando para eles sairem de la. Se informe antes de postar besteira paulo

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.