Cinemateca: MP-SP abre inquérito para apurar possível negligência de prefeitura e Estado

Incêndio em galpão da instituição já está sendo investigado pela Polícia Federal
-Publicidade-
Defesa Civil realizou hoje uma vistoria técnica na sede da Cinemateca, em São Paulo
Defesa Civil realizou hoje uma vistoria técnica na sede da Cinemateca, em São Paulo | Foto: Danilo M Yoshioka/Estadão Conteúdo

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) instaurou um inquérito para apurar possível negligência da prefeitura da capital e do governo do Estado na preservação do acervo da Cinemateca Brasileira. No mês passado, um incêndio atingiu um galpão da instituição, na Vila Leopoldina, zona oeste da cidade.

Como a Cinemateca pertence à Secretaria Especial da Cultura, órgão vinculado ao Ministério do Turismo, a investigação sobre as causas do incêndio e eventuais responsabilidades está a cargo da Polícia Federal (PF), que assumiu a condução do caso no fim de julho. Até então, era a Polícia Civil de São Paulo que liderava as investigações.

Leia mais: “Polícia Federal assume investigação sobre incêndio na Cinemateca”

-Publicidade-

Mesmo assim, o MP-SP decidiu iniciar suas investigações sobre o caso. “O presente inquérito civil foi instaurado para apurar a responsabilização de agentes públicos por ato de improbidade administrativa, em possível negligência do Estado de São Paulo e do município de São Paulo em atividades de preservação das instalações e do acervo da Cinemateca Brasileira”, anotou o promotor Paulo Destro, da Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da capital.

Leia também: “Comissão da Câmara apresenta queixa-crime contra Mario Frias”

Na manhã desta terça-feira, 10, a Defesa Civil realizou uma vistoria técnica no prédio da sede da Cinemateca, que fica na Vila Mariana, na zona sul de São Paulo.

Leia também: “Incêndio atinge galpão da Cinemateca Brasileira em São Paulo”

Com informações do G1

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro