Comissão da Câmara apresenta queixa-crime contra Mario Frias

Ministério Público Federal (MPF) também foi acionado para que faça uma auditoria na secretaria comandada pelo ator
-Publicidade-
Mario Frias, secretário especial da Cultura, é alvo de queixa-crime apresentada por comissão da Câmara
Mario Frias, secretário especial da Cultura, é alvo de queixa-crime apresentada por comissão da Câmara | Foto: Roberto Castro/Mtur

A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados apresentou na terça-feira 3 uma queixa-crime contra o secretário especial da Cultura, Mario Frias, depois do incêndio que atingiu um galpão da Cinemateca Brasileira no dia 29 de julho, em São Paulo.

A presidente do colegiado, deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), afirmou que também pediu ao Ministério Público Federal (MPF) uma auditoria na pasta comandada pelo ator. “Nós temos os vídeos de menos de 15 dias antes do recesso. Técnicos e amigos da Cinemateca dizendo que havia um risco iminente de um incêndio. Isso tudo foi avisado à Secretaria Especial da Cultura, tudo foi noticiado por e-mail, por documentos”, disse a parlamentar.

“Nenhuma decisão foi tomada e o incêndio aconteceu, para o prejuízo de um patrimônio relevante, absolutamente indispensável para a preservação da memória do cinema nacional”, completou a deputada.

-Publicidade-

Leia mais: “Polícia Federal assume investigação sobre incêndio na Cinemateca”

Como Oeste noticiou na semana passada, a Polícia Federal (PF) assumiu as investigações sobre o incêndio no galpão da Cinemateca. Anteriormente, o caso era investigado pela Polícia Civil de São Paulo. O pedido para a PF assumir a investigação foi feito pela própria Secretaria Especial da Cultura.

A instituição cultural já registrou quatro incêndios. O mais recente, em fevereiro de 2016, destruiu definitivamente 270 títulos e outras 461 obras que tinham cópia de segurança.

Leia também: “Incêndio atinge galpão da Cinemateca Brasileira em São Paulo”

Com informações da Agência Câmara de Notícias

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro