Consulta pública sobre vacinação de crianças encerra hoje

Objetivo da medida é “informar e conhecer as dúvidas e contribuições da sociedade científica e da população” sobre a imunização nessa faixa etária
-Publicidade-
Foto: Adriano Ishibashi/FramePhoto/Estadão Conteúdo
Foto: Adriano Ishibashi/FramePhoto/Estadão Conteúdo

A consulta pública sobre a vacinação contra covi-19 em crianças entre 5 a 11 anos se encerra neste domingo, 2, às 23h59.

Poderão participar da consulta pública a população em geral, sendo pessoas físicas ou jurídicas interessadas na matéria, desde que estejam logados na plataforma Participa +Brasil.

Segundo a pasta, o objetivo da consulta é “informar e conhecer as dúvidas e contribuições da sociedade científica e da população” sobre a imunização nessa faixa etária.

-Publicidade-

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária autorizou no último dia 16 a aplicação da vacina da Pfizer contra covid-19 em crianças de 5 a 11 anos.

Em entrevista na quinta-feira 30 ao Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, voltou a reforçar a necessidade de um debate público para fornecer suporte para que os pais tomem a melhor decisão quanto à vacinação de crianças de 5 a 11 anos de idade contra a covid-19.

O ministro disse que a pasta defende a vacinação de crianças mediante a observação de alguns critérios: “A recomendação do Ministério é favorável a essa vacinação, desde que não seja compulsória, tenha autorização dos pais e que seja necessária avaliação de um médico”, disse. Queiroga ainda acrescentou que “a prescrição é um corolário do ato médico. A exigência da prescrição não é uma burocracia, isso faz parte do ato médico”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Realmente todo o sistema de cadastro do sougov é bem chatinho…mas nada q não valha a pana visto q como aí de duas crianças quero ter o poder de tomara decisão sobre aplicar ou não a vacina nos meus filhos e não ser obrigado a aplicar pq algum dos deuses do Olimpo de Brasília mandou aplicar e pronto….

  2. Como médica, eu mesma avalio os prós e contras para meus filhos, logo, minha decisão é definitiva, não importa qual tipo de coerção esses tribunais possam inventar .
    Para quem tem alguma dúvida citarei três razões: Declaração de Helsinque; VAERS; canadiancovidcarealliance.

  3. Vocês deveriam explicar aos cidadãos das camadas sociais menos favorecidas, quer culturalmente ou financeiramente, sobre as exigências burocráticas para que possam responder às perguntas constantes do formulário.
    Fazer login, informar em qual banco tem conta, receber um código gerado pelo banco………é simplesmente inacreditável, pra não dizer ridículo. Esse é o Brasil.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.