Covid-19: Presidente da Anvisa pede às pessoas que tomem a segunda dose da vacina

Sem ela, afirma, a proteção é 'incompleta, insuficiente e inadequada'
-Publicidade-
Antonio Barra Torres: fala sobre a segunda dose da vacina contra covid-19
Antonio Barra Torres: fala sobre a segunda dose da vacina contra covid-19 | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Nesta terça-feira, 22, o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, realizou um apelo àqueles que tomaram a primeira dose da vacina contra a covid-19 para que recebam a segunda dose, no momento indicado, para completar o ciclo de imunização.

“As vacinas representam, neste momento, a medida farmacológica de maior comprovação, credibilidade e eficácia disponíveis no mercado em todo o mundo”, afirmou Torres. “Temos observado índices que apontam baixa procura pela segunda dose da vacina em alguns municípios, mesmo quando elas são disponibilizadas à população. Isso não é razoável. Não há nenhum sentido em [a pessoa] tomar uma dose da vacina e não se apresentar para tomar a segunda dose. Quem assim o faz está com uma proteção incompleta, insuficiente e inadequada”, disse.

Ele também falou sobre o uso de máscara, o distanciamento social e a frequente e adequada higienização das mãos.

-Publicidade-

“Reitero o posicionamento da Anvisa. Posicionamento irrevogável até o presente momento, em relação [à necessidade de] ao uso de máscara, ao distanciamento social e às boas normas de higiene em termos gerais. A Anvisa se mantém atrelada aos princípios técnico-científicos que norteiam os trabalhos da casa”, disse o diretor-presidente da agência.

Leia também: “Anvisa: testes de covid não servem para atestar proteção vacinal”

Com informações da Agência Brasil

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

  1. Esse picareta aprovou uma vacina chinesa por pressão do calcinha apertada e agora está em maus lençóis. Não é papel da ANVISA, outrora entidade respeitável, pedir aos cidadãos para tomarem a segunda dose e sim dos governos estaduais. Esse Barra Torres deve estar com peso na consciência.

      1. Fabricio, esse picareta aprovou a Coronavac sem ter os estudos completos. Não deveria ter aprovado essa “porcaria” chinesa. Mas aguarde. Vem ai a Butanvac do DoriaVac em tempo recorde.

    1. Parabéns pela conclusão. E acho ainda que ele se acostumou a aparecer na mídia e agora está em abstinência. É um mascarado, na Cpi mostrou a personalidade e a vontade de ferrar o Presidente.

  2. Sr Barra Torres, convém ao presidente da Anvisa não divulgar inverdades, sob pena de perder credibilidade. As vacinas que a Anvisa liberou de forma precária sob intensa pressão da mídia, não tem garantia de eficácia, não se sabe o resultado a médio prazo.Já que o sr não tem tempo de ver o que de fato está acontecendo com o povo em lhe informo. Pessoas já vacinadas com 2 doses, estão ficando infectados e se curando com tratamento precoce. Pessoas já vacinadas com 2 doses, com tempo de espera de 30 dias, fazem o exame e não estão imunizadas.Portanto aqui onde o povo vive e sente as coisas, ele tem a sabedoria de fazer as próprias escolhas.

    1. Também sobre o uso dessas mascaras de pano, poderia verificar alguns trabalhos feitos pelo mundo afora atestando sua inutilidade. Quanto ao distanciamento, gostaria que o sr esclarecesse qual a distancia correta e qual o trabalho científico feito a respeito. O vírus nasceu na China, rapidamente se espalhou pelo mundo, não respeitando distancias, portanto nos esclareça qual distancia que é a adequada. Talvez o sr. também não saiba, 60% dos lares brasileiros tem entra 50 e 80 m2 e em média 4 moradores, nos diga a mágica do distanciamento.

    2. Concordo com você.

      E há algo q virou uma “pulga atrás da orelha”: algum órgão ou sistema está fazendo o cruzamento sobre os motivos de não se tomar a segunda dose?

      – Quantos não tomaram por falecimento entre a 1a. E 2a?
      – Quantos não tomaram pela falta de transparência quanto às mortes de vacinados, em especial com as duas doses?
      – quantos não tomaram pela falta de transparência quanto às potenciais consequências como miocardite, trombose dentre outros?
      – quantos não tomaram por decepção em ter tomado uma VaChina q tem eficácia INFERIOR ao divulgado? Como falsamente divulgado por Dória e Instituto Butantan. E q não impediram mortes ( uma das promessas).

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site