Revista Oeste - Eleições 2022

Deputado propõe punir institutos que errarem pesquisas

Projeto prevê multa por levantamentos eleitorais com resultado diferente do das eleições
-Publicidade-
O deputado federal Bibo Nunes
O deputado federal Bibo Nunes | Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O deputado federal Bibo Nunes (PL-RS) apresentou à Câmara dos Deputados, na segunda-feira 27, um projeto de lei propondo multar institutos de pesquisa que apresentarem levantamentos com intenções de voto diferentes do resultado das eleições. O valor proposto para a penalidade chega a R$ 5 milhões.

No projeto, Nunes ainda propõe a perda “imediata” do registro do instituto no Tribunal Superior Eleitoral e o impedimento do estatístico responsável pela pesquisa de atuar em institutos próprios ou de terceiros por, no mínimo, oito anos.

O projeto agora aguarda despacho do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Segundo o documento, o principal objetivo é “estabelecer uma melhor qualidade dos serviços prestados pelos institutos de pesquisa”.

-Publicidade-

O deputado afirmou que “é necessário aprimorar a amostra, o período, os questionamentos e os outros instrumentos utilizados pelos institutos no desenvolvimento de suas atividades”. “O eleitor tem o sublime direito de receber informações o mais fidedignas possível”, completou.

Fábrica de pesquisas

A reportagem de Silvio Navarro publicada na edição 96 da Revista Oeste questiona de onde vêm e a que interesses servem as pesquisas que inundam o noticiário indicando quem será o próximo presidente.

Oeste já abordava a multiplicação de pesquisas eleitorais, algumas com disparidades gritantes, replicadas à exaustão pela imprensa. Com isso, o brasileiro acostumou-se a acordar ao menos uma vez por semana com uma manchete indicando quem deverá ser o próximo presidente da República. Mas qual é a explicação para essa usina de sondagens eleitorais? Há algumas respostas, indica Navarro.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.