Distrito Federal analisa possível caso da variante Ômicron

Trata-se de um homem entre 40 e 49 anos que já recebeu três doses da vacina contra a covid-19
-Publicidade-
Variante Ômicron do coronavírus foi detectada inicialmente na África do Sul
Variante Ômicron do coronavírus foi detectada inicialmente na África do Sul | Foto: Reprodução

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou na terça-feira 30 que está investigando um possível caso de infecção pela variante Ômicron do coronavírus. Trata-se de um homem entre 40 e 49 anos que já recebeu três doses da vacina contra a covid-19.

De acordo com o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Distrito Federal (Cievs), o homem está em isolamento e vem sendo monitorado.

Ele havia viajado para a África do Sul e retornou ao Brasil no mesmo voo que chegou ao Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP), em que houve outro caso suspeito. Da capital paulista, o homem pegou outra aeronave rumo a Brasília.

-Publicidade-

O viajante fez o teste na segunda-feira 29. A pasta informou que o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-DF) “já iniciou as análises para sequenciamento genético da amostra, com o objetivo de verificar se trata-se da variante Ômicron”.

Na tarde de ontem, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), anunciou o cancelamento das festas de Réveillon na capital federal. O motivo, segundo ele, é a preocupação com a Ômicron.

Anvisa

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou ontem que dois brasileiros foram diagnosticados “preliminarmente” com a variante Ômicron do coronavírus.

Segundo a agência, as amostras “serão enviadas para análise laboratorial confirmatória”. A primeira testagem foi feita pelo laboratório Albert Einstein.

Em nota, a Anvisa explicou que um passageiro vindo da África do Sul desembarcou em Guarulhos em 23 de novembro portando resultado negativo para covid-19. Mas, com vistas a se preparar para a viagem de regresso ao país africano, procurou o laboratório localizado no aeroporto no dia 25, para, já na companhia de sua esposa, realizar o teste requerido para o retorno.

Naquele momento, reporta a Vigilância Sanitária, ambos testaram positivo para a covid-19, e o fato foi comunicado ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) de São Paulo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.