Brasil e Paraguai se unem no combate ao crime organizado

A parceria se deu depois de uma série de execuções na fronteira
-Publicidade-
Fronteira entre a cidade paraguaia Pedro Juan Caballero e Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul
Fronteira entre a cidade paraguaia Pedro Juan Caballero e Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul | Foto: Doralice Alcântara/Prefeitura de Ponta Porã

O governo do Paraguai vai instalar um comando conjunto com a Polícia Federal (PF) na fronteira com o Brasil. O anúncio foi feito na quarta-feira 13, pelo ministro paraguaio Arnaldo Giuzzio Benítez. A decisão ocorre depois de uma série de execuções entre Mato Grosso do Sul e o país vizinho. Em menos de uma semana, seis pessoas morreram entre os dois países.

A força-tarefa vai atuar em Ponta Porã (MS) e Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Essa operação tem como base um acordo firmado em junho deste ano entre o Ministério do Interior do Paraguai e o Ministério da Justiça do Brasil.

O acordo prevê o intercâmbio de informações de inteligência entre os órgãos de segurança dos dois países, a realização de operações conjuntas e a instalação de uma unidade de coordenação operativa na zona de fronteira.

-Publicidade-

Leia mais: “Polícia prende 6 suspeitos de envolvimento em chacina que vitimou família de governador”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.