Ferrovia em MT terá investimento de até R$ 11 bilhões

Contrato foi firmado hoje entre a empresa Rumo e o governo de Mato Grosso
-Publicidade-
Projeto é importante para o escoamento da safra do Estado para o Porto de Santos | Foto: Divulgação/Pixabay
Projeto é importante para o escoamento da safra do Estado para o Porto de Santos | Foto: Divulgação/Pixabay

A empresa Rumo Logística firmou contrato com o governo de Mato Grosso nesta segunda-feira, 20, para construção de uma ferrovia estadual de 730 quilômetros. O novo trecho vai interligar as cidades agrícolas de Rondonópolis, Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, no norte do Estado, à capital, Cuiabá. O trajeto se conecta à malha ferroviária nacional em direção ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo. O investimento do projeto é estimado entre R$ 9 e R$ 11 bilhões.

Leia mais: “Tarcísio volta a defender Ferrogrão e afirma que ativistas não conhecem o projeto”

As obras acontecem sob o regime de autorização e devem começar ainda neste semestre, com previsão de conclusão em 2030. O projeto é importante para o escoamento de commodities como soja, milho e farelo para o Porto de Santos. Assim como para o transporte de fertilizantes para o norte de Mato Grosso e de etanol de milho para o Sudeste.

-Publicidade-

Leia também: “Infraestrutura espera R$ 1,8 bilhão com leilão de rodovia”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.