Governo de São Paulo anuncia ‘fase de transição’, reabre comércio e libera cultos

Nova etapa do plano de combate à covid-19 entra em vigor no domingo 18 e vale por pelo menos duas semanas; setor de serviços será contemplado no dia 24
-Publicidade-
O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia anunciou a reabertura do comércio no Estado com a 'fase de transição'
O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia anunciou a reabertura do comércio no Estado com a 'fase de transição' | Foto: Reprodução/YouTube

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 16, no Palácio dos Bandeirantes, o vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM), anunciou flexibilizações no plano de enfrentamento da pandemia de covid-19 no Estado a partir de domingo 18. Garcia informou que foi criada uma “fase de transição” que permitirá a reabertura do comércio e vai durar duas semanas, até o dia 30.

Além do comércio, o governo paulista autorizou a realizações de cultos religiosos com algumas restrições. Segundo o vice-governador, a partir do dia 24, a fase de transição será ampliada para o setor de serviços, com reabertura de restaurantes, salões de beleza e academias.

“Queremos agradecer à população de São Paulo pelo apoio às medidas do governo do Estado. Estamos obtendo sucesso na redução da ocupação de leitos graças a esse esforço”, afirmou Garcia. “Temos dois instrumentos para enfrentar a pandemia: a vacinação e as medidas de restrição. Não é hora de baixar a guarda”.

-Publicidade-

São Paulo mantém o toque de recolher entre 20h e 5h e orientações para que as pessoas trabalhem de forma remota sempre que isso for possível. Na semana passada, o governo paulista anunciou que o Estado deixava a fase emergencial e voltava para a fase vermelha do PlanoSP.

Fase de transição do PlanoSP:

A partir de 18 de abril: reabertura do comércio (das 11h às 19h) e permissão para cultos

A partir de 24 de abril: reabertura do setor de serviços (restaurantes e salões de beleza, das 11h às 19h; e academias, das 7h às 11h e das 15h às 19h)

Leia também: “Doria anuncia vacinação de idosos entre 60 e 64 anos em São Paulo”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários

  1. Quanta hipocrisia, o que o governador tem que fazer é pedir desculpas à população pelas mortes causadas pela gestão trágica da pandemia e depois renunciar.

  2. Medidas precipitadas, decisões tomadas fora de hora, mandos e desmandos com base em uma ciência sem base, abusos contra trabalhadores, rodízio de veículos sabe-se lá o porque fazendo as pessoas se aglomerarem nos transportes públicos… Sei que é um vírus novo, sem precedentes e que nenhum governante do mundo acertou na dose da terapêutica, mas o que vimos no Brasil e principalmente em São Paulo, foi um show de horrores.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro