Governo estuda o ‘merendavoucher’

O Ministério da Educação (MEC) estuda a possibilidade de distribuir recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) de forma direta às famílias de alunos da rede pública que estão sem aulas em razão da pandemia do coronavírus.
-Publicidade-
Foto: Adenilson Nunes/SECOM
Foto: Adenilson Nunes/SECOM | Merenda escolar

Ideia é repassar os recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)  diretamente às famílias dos alunos da rede pública

Merenda escolar
Foto: Adenilson Nunes/SECOM
-Publicidade-

O Ministério da Educação (MEC) estuda a possibilidade de distribuir recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) de forma direta às famílias de alunos da rede pública que estão sem aulas em razão da pandemia do coronavírus.

A medida seria complementar à lei que foi sancionada pelo presidente Bolsonaro na última terça-feira, 7, que autorizou a distribuição de alimentos da merenda para essas famílias afetadas com a suspensão das aulas.

A medida pode entrar em vigor através de uma Medida Provisória e já está sendo chamada de “merendavoucher”, como informa a CNN Brasil. O MEC já consultou o Ministério da Economia sobre a medida.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. O Brasil ficou rico de uma hora para outra! Toda hora é adiamento de impostos, ajuda para Bancos, corona voucher, adiamento da dívida dos estados e agora merendavoucher! Quando a conta chegar, serão mais cinco anos de recessão!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site