Homem é esfaqueado em festa do título do Atlético-MG

Alguns torcedores ficaram feridos com fogos de artifício em comemorações durante a madrugada em Belo Horizonte
-Publicidade-
Festa do título brasileiro do Atlético-MG terminou em violência no centro de Belo Horizonte
Festa do título brasileiro do Atlético-MG terminou em violência no centro de Belo Horizonte | Foto: Reprodução/TV Globo

A comemoração pelo título brasileiro conquistado pelo Atlético-MG na noite de quinta-feira 2 terminou em violência no centro de Belo Horizonte. Pelo menos dois torcedores ficaram feridos depois de ser atingidos por fogos de artifício. Um homem foi esfaqueado.

Segundo informações do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), o primeiro torcedor ferido se machucou ao tentar soltar um rojão, que explodiu em sua mão, por volta das 21h20, na região central da cidade.

Já na sede do Atlético-MG, no bairro Lourdes, onde os torcedores se reuniram para celebrar a conquista, uma torcedora foi atingida por fogos de artifício. Ambos foram socorridos e encaminhados para hospitais próximos.

-Publicidade-

O homem esfaqueado não a identidade divulgada pelas autoridades. Ainda não se sabe quais foram as circunstâncias do episódio.

Na noite de ontem, no Estádio da Fonte Nova, em Salvador, o Atlético-MG derrotou o Bahia por 3 a 2 e assegurou, matematicamente, o título do Campeonato Brasileiro. A equipe não vencia a competição havia 50 anos, desde 1971.

O time comandado pelo técnico Cuca chegou aos 81 pontos em 36 jogos disputados no Brasileirão, com um aproveitamento de 75%, e não pode mais ser alcançado pelo vice-líder Flamengo, que tem 70 pontos e mais três partidas a disputar (só pode chegar a 79 pontos).

Como Oeste noticiou, a TV Globo fez uma cobertura especial do jogo do Atlético-MG para o Estado de Minas Gerais. Para mostrar a festa dos atleticanos, a emissora cancelou a exibição das novelas Malhação, Nos Tempos do Imperador e Quanto Mais Vida, Melhor.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Minha cara revista mostrando seu lado de “imprensa brasileira raiz”. Durante a festa do Galo, em BH, um homem foi esfaqueado e “alguns” torcedores foram atingidos por foguetes. No corpo da matéria, confirma-se a violência da facada. Nada justifica atos como esse, ainda mais em meio a comemorações como as de ontem / hoje. Quanto aos atingidos por fogos, duas pessoas (e não algumas, como insinua o título). Enfim, a digna Oeste tendo seu dia de “fôia”.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.