Mesmo na fase vermelha, escolas continuarão abertas em SP

Governo de São Paulo voltou a endurecer o isolamento em todas as regiões do Estado
-Publicidade-
Escolas públicas e privadas continuarão abertas no Estado de São Paulo
Escolas públicas e privadas continuarão abertas no Estado de São Paulo | Foto: Danilo M. Yoshioka/Futura Press/Estadão Conteúdo

Ao anunciar que todas as regiões do Estado de São Paulo voltam para a fase vermelha, a mais restritiva do isolamento, a partir de sábado 6, o governador João Doria (PSDB) confirmou que as escolas públicas e privadas poderão continuar abertas.

Assim como as igrejas, as escolas foram incluídas na lista dos serviços considerados essenciais. Mercados, padarias e farmácias também estão liberados. Bares e restaurantes só poderão atender por meio dos serviços de entrega (delivery).

Leia mais: “Lockdown em São Paulo tomou ‘banho de marketing‘, analisa Ana Paula Henkel”

-Publicidade-

“As escolas da rede pública e privada vão continuar abertas, exatamente como estava previsto”, disse Doria. A decisão sobre as escolas era muito aguardada, principalmente após as declarações do secretário da Saúde do governo paulista, Jean Gorinchteyn, que defendeu o fechamento das instituições de ensino e gerou incômodo no Palácio dos Bandeirantes. 

Na atual configuração da fase vermelha, as escolas podem continuar recebendo alunos com o limite máximo de 35% da capacidade.

O secretário estadual da Educação de São Paulo, Rossieli Soares, afirmou que as escolas estarão abertas “para quem precisa”. “Quem tem condições de seu filho estar fazendo [o ensino] a distância, permaneça a distância. Mas, para aqueles que realmente precisam, é fundamental que a escola esteja aberta.”

Leia também: “A paciência acabou”, artigo de Augusto Nunes e Silvio Navarro publicado na Edição 41 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.