Oposição tenta criar CPI dos dados da covid-19 no Senado

Na esteira da discussão sobre o novo sistema de dados do Ministério da Saúde, parlamentares buscam criar comissão para investigar números da pandemia
-Publicidade-
Plenário do Senado Federal | Foto: MARCIO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Plenário do Senado Federal | Foto: MARCIO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Na esteira da discussão sobre o novo sistema de dados do Ministério da Saúde, parlamentares buscam criar comissão para investigar números da pandemia

Senado - Ministério da Saúde - dados
São necessárias 27 assinaturas para abertura de CPI | Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Senadores da oposição estão usando as mudanças do Ministério da Saúde na divulgação dos números da pandemia, para tentar emplacar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra o governo. Entre os argumentos, os parlamentares alegam “manipulação das informações”.

-Publicidade-

Leia mais: “A coerção e o coronavírus”, de Deirdre McCloskey, colunista da Revista Oeste

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA), acredita que uma comissão de inquérito é necessária para investigar “ações do governo e do Ministério da Saúde. “A desinformação praticada pelo Estado é crime. O artigo 37 da Constituição exige que os atos da administração pública devem ser marcados pela legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade. E atentar contra a Constituição, segundo o artigo 85, enseja crime de responsabilidade”, disse a senadora por meio de nota.

Com poderes de investigação próprios das autoridades judiciais, a CPI apura um fato determinado e por prazo certo. Para ser aberta, a comissão precisa reunir terço dos respectivos parlamentares, ou seja, 27 dos 81 senadores.

Contrário à medida, o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ), afirmou que as mudanças promovidas pelo governo na divulgação dos dados buscam dar mais celeridade ao processo. “Ignorando o grunhido das hienas, o governo prossegue superando as armadilhas. O grunhido do momento diz que Jair Bolsonaro está camuflando os dados da peste chinesa, enquanto, ao contrário, o objetivo da revisão é dar mais autenticidade e transparência às informações”, rebateu. 

Veja o painel da Oeste com os dados da pandemia no Brasil e no mundo

 

 

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site