Por lockdown nacional, sindicatos pedem que pessoas não trabalhem

CUT orienta os brasileiros a cruzar os braços: 'É dia de ficar em casa'
-Publicidade-
As entidades prometem mobilizações em várias partes do país
As entidades prometem mobilizações em várias partes do país | Foto: Divulgação/Agência Brasil

Centrais sindicais iniciam nesta quarta-feira, 24, manifestação pelo lockdown nacional. A ideia é chamar a atenção do “povo brasileiro e dos três Poderes”, de acordo com nota emitida pela Central Única dos Trabalhadores (CUT). Também aderiram ao movimento as entidades Brasil Popular e Povo sem Medo. “Hoje é dia de o trabalhador ficar em casa e não trabalhar, mesmo que esteja em home office”, orienta um comunicado da CUT. “Precisamos deixar claro nosso protesto contra a situação caótica em que o Brasil está, para cobrar do governo federal, deputados e senadores vacina para todos e todas, auxílio emergencial decente e políticas de proteção e geração de emprego e renda”, acrescenta o documento.

Além disso, as entidades prometem mobilizações em várias partes do país — vários Estados estão em lockdown. “Serão feitas panfletagens em praças públicas, terminais de ônibus, trens e metrôs, carros de som com mensagens de alerta ao povo brasileiro; atos simbólicos; audiências públicas, além de carreatas e mobilização nas redes sociais”, salienta a CUT. O sindicato garante, ainda, que “a falta das políticas sanitárias e econômicas obriga a classe trabalhadora a ir para as ruas em busca de dinheiro para sobreviver e, com isso, se aglomerar nos locais de trabalho, no transporte coletivo, nas estações de trem e metrô, nos terminais e pontos de ônibus, ficando exposta à contaminação e morte”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

17 comentários

  1. A CUT só faz isto!
    Eles são sabotadores da nação!
    Nunca trabalharam na vida e estão vendo os movimentos patrocinada pelos corruptos acabando!

  2. Esses vagabundos não merecem que eu perca 2 segundos do meu tempo digitando um comentário, mas uma coisa me chamou muito a atenção: Quer dizer que eles querem geração de emprego e renda incentivando o…… lockdown? Claro! Nada mais lógico vindo dessa gentalha.

  3. Esse bando de VAGABUNDOS querem é forçar o governo a re-instituir a obrigatoriedade da contribuição sindical. Perderam a têta e está batendo o desespero.
    Batalhão de choque, bala de borracha, caminhão com jato de agua, spray de pimento e cassetete nessa CANALHADA, filhos do K.P.Ta.

  4. Tudo devidamente orquestrado para destruir a economia e pavimentar o caminho da volta da corrupção! Já estamos há mais de dois anos sem nenhum caso de corrupção do Governo Federal ou nas estatais! Isso, para esses canalhas, é o fim da picada! Haja vista a liberação do Corruptor-Mor pelo semi-deuses sinistros!!!!

  5. Com fatos tão absurdos, e até Zé Dirceu retomando o comando da nação, fico preocupado se as FFAA, depois das promoções a generalato bem pensadas pelo socialista mais estúpido que já tivemos neste País, não seja mesmo de esquerda, simpática às causas inconsequentes.
    Pôrra, o que vivemos aquí depois da instituição da carta comunista de 1.988, foi a degredação moral do povo brasileiro. Ou não?
    Dê nome a alguém que comandou a Nação que não pactuasse com o banditismo? Não sabem nomear, não têm noção absolutamente nenhuma de gestão pôrra.
    Qual o Salvador aparecerá?
    Que as FFAA não precisem de mais evidências para estourar a boiada!!!

  6. E vão comer o que, cambada de inúteis. Não é mais possível dar espaço para esse pessoal que não trabalha a mais de 1 ano e ainda quer fazer greves. Devem ter estoque de alimentos, salários garantidos, e boa moradia com saneamento. Respeitem os desempregados, e sub empregados e desassistidos que sequer tem saneamento básico neste pais.

  7. O lumpemproletariado petista anda excitado com a política do lockdown dos governadores e prefeitos. Nos delírios da escumalha, a visão do paraíso utópico de Marx parece mais próxima com o “fique em casa”.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.