Presidente da CBF é acusado de assédio moral e sexual

Crimes teriam sido cometidos contra funcionária da entidade
-Publicidade-
Rogério Caboclo pode ter problemas com a Justiça
Rogério Caboclo pode ter problemas com a Justiça | Foto: Reprodução/Flickr

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, foi formalmente acusado de assédio moral e sexual por uma funcionária da entidade, informa o portal globoesporte.com. A denúncia foi protocolada no início da tarde desta sexta-feira, 4, na Comissão de Ética da CBF e na Diretoria de Governança e Conformidade.

De acordo com a autora da denúncia, os abusos ocorrem desde abril de 2020. No documento, a funcionária afirma ter provas de todos os fatos narrados e pede que o dirigente seja investigado e punido com o afastamento da entidade e, também, pela Justiça Estadual. Até o momento, Rogério Caboclo não se pronunciou sobre a denúncia.

-Publicidade-

Leia também: “A Copa América da discórdia”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

13 comments

    1. Se teve abuso tem que investigar mesmo.
      Agora, tolerar tais abuso desde 2020? Estava esperando o que para denunciar? Quería esperar una hora oportuna? Acho que quem sofre abusos deve fugir o quanto antes do abusador. Não o abuso, mas a revelação do caso somente agora, sugere algo muito estranho. Seria por causa do SBT, Globo…? Parece que a Globo quer ser dona não só dá Seleção mas da própria CBF.

  1. Entendi! Coincidência né? Copa América no SBT, Globo contra a realização, governadores opositores ao governo….
    Eliminatórias pode…
    Copa do Brasil pode…
    Estaduais pode…
    Sul americana pode…
    Brasileirão pode…
    Libertadores pode…
    Uéééé, isso tá ficando muito chato e escancarado

  2. É, Caboclo! E agora? Há argumentos para se livrar dessa? Os endinheirados não são condenados. Ou melhor: são condenados “pro forma”. Não cumprem nada. O dinheiro, esse vil metal, compra tudo.

    1. Vc acha mesmo que isso é verdade? Porquê coincidentemente só agora, nessa semana, após toda a polêmica levantada pelos arautos da “ciência” e da ética, os jornalistas globais, é feita a denúncia? Segundo o site global também, desde 2020 a suposta vítima era assediada. Conveniente né? Não poderia esperar passar a Copa América? Afinal de contas o quê é um mês para quem já esperou um ano? Não acredito em mais nada que venha dessa fonte, nada.

  3. Por que isso acontece só depois que a Copa América foi confirmada aqui no Brasil? O povo não é burro. Pode até aceitar e baixar a cabeça, mas isso é diferente de ser burro. A hora que a bolha desse povo estourar vão dizer que o povo é golpista. Uma hora a casa cai. A sorte dessa imprensa é que nas FFAAs tem muito melancia. Vejam Santos Cruz e o diretor presidente da ANVISA entre outros cavalos de Tróia colocados dentro do governo. Tentaram até colocar uma cantora dentro do ministério da Saúde, uma tal de Luana, The Lioness.

  4. Desde 2020 ? Só agora que o Presidente da República autorizou a Copa América no Brasil e com transmissão pelo SBT ? Muito conveniente…além de muito suspeito. É claro que a #GloboLixo e os 3 Patetas da CPI do Circo estão por trás da acusação pela lambisgóia da CBF com o único objetivo de tirar a competição do Brasil. E ainda tem uns IDIOTAS ÚTEIS no elenco da seleção compactuando com o circo. Continuam achando que a população é burra ?

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site