Queiroga promete acabar com obrigatoriedade do uso de máscara até o fim do ano

Ministro da Saúde voltou a dizer que todos os brasileiros estarão imunizados contra a covid-19 até dezembro
-Publicidade-
Segundo Marcelo Queiroga, avanço da vacinação permitirá o fim do uso obrigatório de máscara no país
Segundo Marcelo Queiroga, avanço da vacinação permitirá o fim do uso obrigatório de máscara no país | Foto: Reprodução

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quarta-feira, 11, que deve propor o fim da obrigatoriedade do uso de máscara até o fim deste ano. Segundo ele, a medida deve coincidir com a conclusão da campanha de vacinação contra a covid-19. A expectativa do governo é que toda a população brasileira esteja totalmente imunizada até dezembro.

“Garanto a vocês, em nome do [presidente Jair] Bolsonaro, que até o final do ano toda a população brasileira estará vacinada. Até o final do ano, colocaremos fim ao caráter pandêmico dessa doença no Brasil e vamos poder tirar de uma vez por todas essas máscaras e desmascarar aqueles que, mesmo que nunca tenham usado máscara, precisam ser desmascarados”, afirmou o ministro durante a inauguração de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) em Brasília.

Leia mais: “Doria afirma que Saúde ainda não entregou doses da Pfizer: ‘Prometeu e não cumpriu’”

-Publicidade-

As declarações de Queiroga vão de encontro a uma posição do próprio Bolsonaro, que em junho disse que o ministro da Saúde publicaria um parecer desobrigando o uso de máscara pela população. Na ocasião, o ministro afirmou que a medida dependeria do avanço da campanha de vacinação.

Leia também: “Pela primeira vez desde outubro, nenhum Estado tem ocupação de UTI acima de 80%”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

13 comentários

  1. Ministro Queiroga, vírus acho que o Sr. tem como médico obrigação de conhecer. Peço ao Sr. faça um estudo sobre máscaras de pano e compare os tamanhos dos furos do pano, com o tamanho do vírus e me diga com sinceridade se é crível uma mascara de pano segurar um vírus. Já tem estudos, mesmo com tosse a mascara de pano segura apenas gotículas de água e os vírus não ficam retidos. No futuro bem próximo, médicos que defendem pano contra vírus serão ridicularizados.

    1. Eu fiz esse estudo. Veja:
      Vírus. 100 nanômetros, (google)
      Mascara: 100 mesh (fina pacas) ou 25 micra. (tianhaofiltermesh.com)
      1 mícron = 1000 nm
      Então, 25 x 1000 ÷ 100 = 250.
      O buraco de um pano finíssimo ou de um filtro é 250 vezes maior que um vírus. Segura alguma coisa?

  2. E segue o mantra do Porta Babas, avisa ao Sr Ministro que ele deve se lembrar do que aprendeu em Micribiologia e, parar de fazer propagando do uso de máscaras!

  3. Nos dez anos anteriores à tal da pandemia, casos de suicídio no Brasil variaram entre 145.000 a 155.000 casos! Alguém ficou escandalizado com isso? E os outros casos de comorbidades, acidentes domésticos ou não, violência urbana, etc… etc… etc…ninguém diz sobre isso. Se somarmos todas essas ocorrências, provavelmente irá superar em muito esse casos que dizem ser de covid que, cá entre nós, desconfio serem superdimensionados. Enfim, é isso aí, fica o registro.

  4. Tenho medo de me iludir. Parece que essa máscara infernal é ideológica. Gostaria de acreditar e ter esperança que um dia acaba esse tormento.

    1. Além de ideológica, acho que passa uma mensagem de superioridade de grupo. Observe o cerimonial com que certas pessoas tiram e colocam estas coisas, passam álcool gel nas mãos ( não resolve nada, só seca sua pele), como se dissessem: vejam como sou culto e superior a vcs…

  5. Infelizmente a mascara veio para ficar (juntamente com o vírus). A mulheres feias, os narigudos, os sem dentista, os imbecilizados, etc. , Agradecem!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro