Quem são os que calam diante de vacinas experimentais

Guilherme Fiuza reflete sobre grupos que silenciaram diante de risco de substâncias sem estudos de segurança concluídos
-Publicidade-
Debate sobre efeitos do pós-vacina virou proibido, diz colunista
Debate sobre efeitos do pós-vacina virou proibido, diz colunista | Foto: Guilherme Lopes/Revista Oeste

Em artigo publicado na Edição 114 da Revista Oeste, Guilherme Fiuza faz reflexão sobre a dificuldade de se debaterem ‘vacinas experimentais’ de covid e os efeitos do pós-imunização em alguns ambientes da sociedade atual, como na imprensa e entre a classe médica. O colunista alerta para a responsabilidade de autoridades de considerar a incidência de casos de reações adversas.

Leia um trecho

“Prossegue a insanidade das vacinas experimentais de covid, com a anuência/complacência de autoridades, médicos, jornalistas, milícias checadoras e outros irresponsáveis que terão de responder por sua conivência com essa violência, mais cedo ou mais tarde. Enquanto isso, vamos vendo o que se tornou proibido ver: os efeitos adversos graves pós-‘vacina’ de covid.

-Publicidade-

Tratar como seguras substâncias que não têm seus estudos de segurança concluídos é um escândalo. E é o que faz a propaganda dominante, oficial ou não. Mas o delito é ainda mais grave: diante de reações adversas coincidentes com a aplicação da ‘vacina’ de covid, cuja investigação seria essencial ao menos para se iniciar o real dimensionamento dos riscos, as autoridades viram as costas.”

Gostou? Dê uma olhada no conteúdo abaixo.

Revista Oeste

A Edição 114 da Revista Oeste vai além do texto de Guilherme Fiuza. A publicação digital conta com reportagens especiais e artigos de Silvio Navarro, J.R. Guzzo, Rodrigo Constantino, Ana Paula Henkel, Salim Mattar, Cristyan Costa, Bruno Freitas, Dagomir Marquezi, Flávio Gordon, Bruno Meyer, Ubiratan Jorge Iorio e Gabrielle Bauer.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.