Rebelião em presídio de MG deixa pelo menos 20 feridos

Detentos atearam fogo em colchões em prisão na região metropolitana de Belo Horizonte; seis estão em estado grave
-Publicidade-
Algumas vítimas foram transferidas de helicóptero para hospitais da região
Algumas vítimas foram transferidas de helicóptero para hospitais da região | Foto: Reprodução/TV Globo

Uma rebelião no presídio Inspetor José Martinho Drummond, em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte, deixou pelo menos 20 pessoas feridas nesta quinta-feira, 4. Entre as vítimas, seis estão em estado grave, com queimaduras de segundo e terceiro graus.

A rebelião teve início no meio da tarde. Os presos alegam que o presídio está superlotado e não oferece condições mínimas da salubridade e segurança. A unidade tem capacidade para pouco mais de mil detentos, mas abriga 2,2 mil.

-Publicidade-

Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou que um detento foi responsável por iniciar o incêndio, ateando fogo em colchões. Segundo a pasta, havia 18 presos na cela, dos quais 12 tiveram de ser encaminhados para hospitais de Belo Horizonte.

“Entre os que sofreram queimaduras, cinco foram transportados de forma aérea, pois os casos são mais graves. Os seis custodiados restantes foram atendidos pela equipe médica da própria unidade prisional”, informa a secretaria.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.