Rio de Janeiro pode desobrigar uso de máscaras em locais abertos a partir de 15 de outubro

Liberação está condicionada à vacinação completa para 65% da população
-Publicidade-
Liberação ocorrerá em ambientes abertos e sem aglomeração
Liberação ocorrerá em ambientes abertos e sem aglomeração | Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O prefeito Eduardo Paes estima que, em 15 de outubro, o uso de máscaras não será mais obrigatório em ambientes abertos e sem aglomeração na cidade do Rio de Janeiro. A informação foi divulgado na segunda-feira 4 e, segundo o político, a projeção é embasada em estudos do Comitê Científico da Prefeitura.

Leia também: “Covid-19: Johnson pede autorização para 2ª dose da vacina”

Divulgada por Paes nas redes sociais, a ata da última reunião do grupo instrui a “desobrigar o uso de máscaras em locais abertos” quando “65% da população [estiver] com esquema vacinal completo”. O documento determina ainda que, no momento em que o ciclo de imunização for completo para 75% dos cariocas, o equipamento de proteção deve ser exigido apenas em ambientes hospitalares.

-Publicidade-
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.