Saúde mantém intervalo de 12 semanas entre doses de Pfizer e AstraZeneca

Algumas unidades da federação, como RJ e DF, diminuíram o período entre uma vacinação e outra
-Publicidade-
Intervalo entre primeira e segunda doses da vacina da Pfizer é de três meses
Intervalo entre primeira e segunda doses da vacina da Pfizer é de três meses | Foto: Reprodução/Pfizer

O Ministério da Saúde decidiu manter o intervalo de 12 semanas entre a primeira e a segunda doses das vacinas contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech e da Oxford/AstraZeneca. A decisão foi tomada depois da avaliação do grupo técnico que assessora o Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A medida deve ser oficializada em documento técnico que será enviado a Estados e municípios nos próximos dias. Algumas unidades da federação, como o Rio e o Distrito Federal, haviam anunciado que diminuiriam o intervalo entre as duas doses dos imunizantes.

Leia mais: “Fiocruz defende manutenção do intervalo de 12 semanas entre doses da vacina”

-Publicidade-

“O Ministério da Saúde informa que acompanha a evolução das diferentes variantes do Sars-CoV-2 no território nacional e está atento à possibilidade de alterações no intervalo recomendado entre doses das vacinas [contra a] covid-19 em uso no Brasil. O tema foi discutido novamente na Câmara Técnica Assessora em Imunizações, em reunião realizada no dia 16 de julho deste ano. E permanece com a recomendação de manter o intervalo orientado”, informou a pasta em nota. “Vale reforçar a importância de completar o esquema vacinal da covid-19 para que o caráter pandêmico da doença seja superado.”

Leia também: “DF reduzirá intervalo entre primeira e segunda doses de AstraZeneca e Pfizer”

Apesar da recomendação do Ministério da Saúde, os Estados têm autonomia para definir os próprios critérios de aplicação das vacinas. Como Oeste noticiou, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que produz a vacina da AstraZeneca no Brasil, também defendeu a manutenção do intervalo atual.

Leia também: “Anvisa autoriza estudo para 3ª dose da vacina da Oxford”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. O intervalo foi estabelecido com base em estudos científicos dos fabricantes das vacinas, que foram analisados e aprovados por agências reguladoras de vários países. A redução do intervalo está sendo estabelecida com base em quê?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site