Serrana (SP) volta a ter alta de casos de covid-19

O município fez parte de um projeto do Instituto Butantan para avaliar a eficácia da CoronaVac
-Publicidade-
A vacinação da população com a CoronaVac ocorreu em abril deste ano
A vacinação da população com a CoronaVac ocorreu em abril deste ano | Foto: Divulgação

A cidade de Serrana, que vacinou a população em massa contra covid-19 em abril deste ano, voltou a ter aumento de casos confirmados da doença.

O município que fica na região de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, foi palco de um estudo do Instituto Butantan, que imunizou a população com a vacina CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac.

-Publicidade-

O boletim epidemiológico da prefeitura mostra 563 casos confirmados em outubro, o triplo dos 179 registrados em setembro. Em março, no pico da segunda onda, a cidade teve 692 casos.

O número de mortes, porém, permanece estável. Foram 4 óbitos em setembro e 3 em outubro. Em março, 18 pessoas morreram com covid-19.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Um tiro no pé do governador farsante que, certamente, se isenta de responsabilidade. Mesmo com a documentação requisitada e não enviada à Anvisa e os alertas para a baixa eficiência da vacina. Realmente, um ato doloso.

  2. Essa vacina é com certeza a pior das q foram produzidas. Infelizmente no início da vacinação só havia essa, que foi entuchada pela China aqui no Brasil com a atuação de seu maior interessado, ele mesmo, DORIA.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.