Unifesp começa estudo sobre aplicação de 3ª dose de vacina

Apenas pessoas que tomaram duas doses da CoronaVac podem participar
-Publicidade-
Hipótese de 3ª dose começa a ser consolidada
Hipótese de 3ª dose começa a ser consolidada | Foto: Adriano Ishibashi/FramePhoto/Estadão Conteúdo

Instituições brasileiras já começaram a trabalhar pela aplicação de uma eventual terceira dose de vacina contra a covid-19. Em links públicos, a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (Idor) disponibilizaram aos voluntários um formulário em que devem ser preenchidos nome, telefone, e-mail e demais dados pessoais dos candidatos. As inscrições para o estudo do Idor foram encerradas em poucas horas.

O formulário da Unifesp ressalta que apenas as pessoas vacinadas com a CoronaVac, vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac, poderão participar dos experimentos. “Lembrando que será feita uma triagem segundo critérios do estudo”, adverte a universidade. “Portanto, o envio do formulário não garante sua participação no estudo.”

Corrida para a 3ª dose

-Publicidade-

O médico-cirurgião oncológico com pós-doutorado em epidemiologia estatística José Luiz Bevilacqua disse a Oeste que os formulários para a aplicação de uma eventual terceira dose de vacina contra a covid-19, para quem tomou duas doses da CoronaVac, viralizaram entre os grupos de médicos de WhatsApp e Telegram. “Esta é a melhor demonstração de que o meio médico desconfia da eficácia da vacina chinesa”, afirmou. Para Bevilacqua, é frequente o questionamento sobre a eficácia da CoronaVac entre os profissionais da saúde, mas muitos temem expressar a opinião com medo de “cancelamento” por parte dos colegas.

Aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, já há estudos em andamento para testar doses de reforço tanto para a vacina da Pfizer quanto para o imunizante da AstraZeneca/Oxford.

Leia também: “Precisamos falar sobre a CoronaVac”, reportagem de Paula Leal publicada na Edição 67 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

  1. Só o calcinha apertada, e jornalistas da Globo e da CNN não sabiam que essa tal Coronavac era enganação do Butantan. Isso também é culpa da ANVISA.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro