Balança comercial tem melhor mês de fevereiro em cinco anos

Dados foram divulgados pelo Ministério da Economia
-Publicidade-
Vista de navio chinês carregado chegando ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo | Foto: Robson Fernandjes/Estadão Conteúdo
Vista de navio chinês carregado chegando ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo | Foto: Robson Fernandjes/Estadão Conteúdo

O Ministério da Economia informou nesta quinta-feira, 3, que a balança comercial registrou, em fevereiro, superávit de US$ 4 bilhões. Foi o maior saldo comercial para o mês desde 2017.

O resultado é de superávit quando as exportações superam as importações. Segundo o ministério, os dados de fevereiro não refletem nenhum movimento relacionado à invasão da Ucrânia pela Rússia.

-Publicidade-

As exportações somaram quase US$ 23 bilhões, e as importações ficaram na casa de US$ 19 bilhões, aumento de 32,6% e de 22,9%, respectivamente, sobre fevereiro de 2021.

No primeiro bimestre, o saldo da balança comercial somou US$ 3,8 bilhões, um aumento de 137,3% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando o superávit somou US$ 1,6 bilhão.

As exportações somaram US$ 42,5 bilhões, alta de 29% em relação ao primeiro bimestre de 2021. Já as importações ficaram em US$ 38,7 bilhões, aumento de 23,8%.

Em 2021, o Brasil teve um superávit comercial de US$ 61,2 bilhões, maior valor da série histórica iniciada em 1989. Para 2022, segundo previsão de janeiro, o governo espera novo recorde, de US$ 79,4 bilhões.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.