Revista Oeste - Eleições 2022

Bolsas da China sobem com alívio em restrições da covid-19

Expectativa sobre relaxamento de políticas de circulação popular em grandes cidades influenciou os pregões nesta terça-feira
-Publicidade-
Bolsas chinesas têm recuperação discreta depois de baixas na segunda-feira
Bolsas chinesas têm recuperação discreta depois de baixas na segunda-feira | Foto: Divulgação/Unsplash

As bolsas da China demonstraram recuperação nesta terça-feira, 12, depois de um dia de baixas na segunda-feira. Com expectativa de alívio nas restrições de circulação em razão da crise da covid-19, os principais pregões chineses fecharam em alta.

O índice CSI300, de Shenzhen, subiu 1,9%, enquanto a bolsa de Xangai conseguiu alta de 1,4%. Em Hong Kong, por sua vez, o Hang Seng avançou 0,5%.

Nesta terça-feira, as bolsas da China reagiram à expectativa de um relaxamento nas restrições de circulação da população em regiões ameaçadas por novos surtos de covid-19. Xangai, um dos principais centros financeiros do país, deve ser incluído nas orientações para alívio da quarentena.

-Publicidade-

Mas o desempenho favorável das bolsas da China não conseguiu influenciar o comportamento de outros pregões importantes na Ásia. Nesta terça-feira, o índice Nikkei de Tóquio recuou 1,8%. Já o Kospi, de Seul, teve desvalorização de quase 1%. Em Taiwan, o Taiex teve retração de 0,3%.

O ânimo moderado das bolsas da Ásia também é influenciado pela expectativa do anúncio da taxa de inflação ao consumidor de março nos Estados Unidos — o governo norte-americano vai divulgar o índice CPI nesta terça-feira.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.