-Publicidade-

Claro, TIM e Vivo compram divisão de telefonia móvel da Oi

Bloco formado pelo trio tinha prioridade na negociação com o ativo da concorrente
Foto: DIVULGAÇÃO/OI
Foto: DIVULGAÇÃO/OI | oi - telefonia móvel - claro, tim e vivo

Bloco formado pelo trio tinha prioridade na negociação com o ativo da concorrente

oi - telefonia móvel - claro, tim e vivo
Foto: DIVULGAÇÃO/OI

O serviço de telefonia móvel da Oi passará para o controle de três concorrentes da empresa. A divisão foi vendida por R$ 16,5 bilhões para o bloco composto de Claro, TIM e Vivo. O desfecho da negociação entre as companhias de telecomunicações foi confirmado no feriado de Sete de Setembro.

Leia mais: “Top 10: Ranking apresenta países com o 5G mais veloz”

De acordo com o comunicado divulgado pela Oi, a parte chamada de “ativos móveis” não irá imediatamente para as mãos das concorrentes. Isso porque, do valor a ser pago, a companhia se compromete a direcionar R$ 756 milhões para manter em operação o serviço pelo decorrer dos próximos meses. Ou seja: até setembro de 2021, a divisão será cuidada pela própria Oi.

Fim da disputa

O acerto em R$ 16,5 bilhões encerra a disputa pela telefonia móvel da Oi (e seus 34 milhões de clientes). Empresa em processo de recuperação judicial desde 2016, a Oi tenta se desfazer de seus ativos. Para a parte de telefonia móvel, a Highline, marca mantida por um fundo norte-americano, chegou a ter prioridade de negociação, mas não seguiu adiante com a proposta feita inicialmente e deu vez ao bloco formado por Claro, TIM e Vivo.

Conforme noticiado por Oeste, o mercado via com bons olhos a possibilidade de a Highline adquirir os ativos móveis da Oi. Acreditava-se que essa movimentação poderia diminuir os valores cobrados do consumidor final, pois nos Estados Unidos o preço médio de um plano básico é de US$ 20. No Brasil, o preço é de US$ 80.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês