Com 260 mil vagas formais, Brasil tem melhor janeiro em 30 anos

Segundo o Ministério da Economia, país conseguiu se recuperar das perdas acumuladas entre março e junho do ano passado
-Publicidade-
Caged: melhor resultado para janeiro havia sido alcançado em 2010
Caged: melhor resultado para janeiro havia sido alcançado em 2010 | Foto: Agência Brasília

Dados divulgados nesta terça-feira, 16, pelo Ministério da Economia mostram que o país gerou 260.353 empregos com carteira assinada em janeiro deste ano. Trata-se do melhor resultado para o mês de toda a série histórica do levantamento, que tem início em 1992 — ou seja, em 30 anos.

Leia mais: “Condições para retomada são melhores que em outras crises”

-Publicidade-

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), houve 1.527.083 contratações formais no primeiro mês de 2021, ante 1.266.730 demissões no período.

A maior taxa de geração de empregos formais para janeiro, até então, havia sido registrada em 2020, com um saldo positivo de 181.419 vagas.

Com os resultados de janeiro, o Ministério da Economia confirma que houve recuperação das perdas acumuladas entre março e junho do ano passado, no auge da primeira onda de covid-19 no país. No período, o Brasil contabilizou 1,624 milhão de demissões a mais do que contratações.

Ainda de acordo com os dados do Caged, ao final de fevereiro deste ano o país registrava um saldo positivo de 39.593.835 vagas formais.

Leia também: “Auxílio emergencial pode ficar para abril, afirma Guedes”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.