Compartilhamento de voos com American Airlines rende R$ 1 bilhão à Gol

Companhia aérea brasileira já levantou cerca de R$ 3,7 bilhões de capital de longo prazo nos últimos seis meses
-Publicidade-
Gol ganhou fôlego com acordo de compartilhamento de voos com a American Airlines
Gol ganhou fôlego com acordo de compartilhamento de voos com a American Airlines | Foto: Morio / Wikimedia Commons

Um acordo de exclusividade de compartilhamento de voos com a American Airlines, válido por três anos, rendeu à Gol  US$ 200 milhões (cerca de R$ 1,05 bilhão), informa o jornal O Estado de S. Paulo.

Por meio do acordo, a companhia aérea norte-americana passa a deter 5,2% da empresa brasileira, que ganha fôlego em um momento de fraca liquidez apontado pelo mercado.

Leia mais: “Covid-19: Gol exigirá que todos os funcionários se vacinem”

-Publicidade-

Considerando o dinheiro aportado pela American Airlines, a Gol já levantou cerca de R$ 3,7 bilhões de capital de longo prazo nos últimos seis meses.

Em julho, a companhia aérea brasileira transportou 31,6% dos passageiros que viajaram no mercado interno do país, enquanto a Azul ficou com 36% e a Latam com 31,2%. Em julho de 2019, antes da pandemia de covid-19, a Gol tinha 39,4%, seguida por Latam (32,8%) e Azul (27,1%).

Leia também: “Gol registra alta de 173% na demanda”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro