Confiança da indústria alcança máxima em 10 anos

Se a projeção para novembro se confirmar, será o sétimo salto mensal consecutivo apontado pelo indicador da Fundação Getulio Vargas
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Shutterstock
Foto: Divulgação/Shutterstock | Foto: Divulgação/Shutterstock

Se a projeção para novembro se confirmar, será o sétimo salto mensal consecutivo apontado pelo indicador da Fundação Getulio Vargas

confiança da indústria
Boas novas se deram em razão da abertura da economia | Foto: Divulgação/Shutterstock

A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou nesta segunda-feira, 23, que a confiança da indústria brasileira deve registrar em novembro o maior patamar em mais de dez anos. Conforme a FGV, a prévia deste mês sinaliza aumento de 1,6 ponto no Índice de Confiança da Indústria em relação ao número final de outubro, para 112,8 pontos. Dessa forma, será o sétimo salto mensal consecutivo do indicador, mantendo a tendência de recuperação iniciada em maio devido à reabertura da economia brasileira. A FGV constata que a “alta do resultado prévio da confiança é consequência de movimentos opostos entre as avaliações sobre o momento presente e as expectativas para os próximos meses”. Além disso, o Índice de Situação Atual deve ganhar 4,4 pontos, indo a 118,1 pontos, seu maior valor desde dezembro de 2007 (118,9 pontos), enquanto a prévia indica recuo de 1,2 ponto no Índice de Expectativas, para 107,4 pontos.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.