Depois de dois meses de alta, prévia do PIB recua em agosto

Em relação ao mesmo período do ano passado, no entanto, o crescimento foi de 4,7%
-Publicidade-
Banco Central divulgou a nova prévia do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro
Banco Central divulgou a nova prévia do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro | Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Dados divulgados nesta sexta-feira, 15, pelo Banco Central (BC) mostram que o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), considerado a prévia do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, registrou queda em agosto, depois de dois meses consecutivos de alta.

De acordo com o BC, o indicador recuou 0,15% no período, na comparação com o resultado de julho. Em relação a agosto do ano passado, o IBC-Br teve um crescimento de 4,7%.

Leia mais: “Inflação deve fechar 2021 em 8,6%, informa Boletim Focus”

-Publicidade-

Ainda segundo as informações divulgadas pelo BC, a atividade econômica do país registra expansão de 6,41% no acumulado dos oito primeiros meses deste ano. Nos últimos 12 meses, até agosto de 2021, a alta se aproxima dos 4%.

No início da semana, o BC divulgou o relatório do Boletim Focus, que projetou um crescimento de 5% do PIB do Brasil neste ano, mantendo a estimativa anterior.

Leia também: “Banco Mundial eleva expectativa de crescimento do Brasil para 5,3%”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.