-Publicidade-

Embraer fecha 2020 com prejuízo de R$ 3,6 bilhões

Valor representa um aumento de 174,5% nas perdas em relação ao ano anterior
No ano passado, Embraer fez 900 cortes e 1,6 mil desligamentos por planos de demissão voluntária
No ano passado, Embraer fez 900 cortes e 1,6 mil desligamentos por planos de demissão voluntária | Foto: Reprodução/Twitter

Em balanço divulgado nesta sexta-feira, 19, a Embraer anunciou que registrou um prejuízo líquido atribuído aos acionistas de R$ 3,6 bilhões em 2020. O valor representa um aumento de 174,5% nas perdas em relação ao ano anterior (R$ 1,3 bilhão).

Segundo a companhia, os efeitos da pandemia de covid-19, especialmente na aviação comercial, foram determinantes para o resultado negativo. As receitas e despesas, por outro lado, foram impactadas pela alta do dólar sobre o real no período, diz a empresa. O cancelamento da parceria com a Boeing também pesou.

Em setembro do ano passado, a Embraer teve de fazer 900 cortes e 1,6 mil desligamentos por adesão a planos de demissão voluntária.

Leia também: “Brasil desiste de disputa com o Canadá na OMC”

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.