General Motors interrompe produção nos EUA por falta de chips

Oito fábricas norte-americanas serão afetadas em setembro, informou a companhia
-Publicidade-
Maior montadora dos Estados Unidos, a General Motors vai cortar a produção em suas fábricas
Maior montadora dos Estados Unidos, a General Motors vai cortar a produção em suas fábricas | Foto: Divulgação

A General Motors anunciou nesta quinta-feira, 2, que vai interromper a produção em algumas fábricas dos Estados Unidos e da América do Norte em setembro por causa da falta de chips semicondutores, relata a agência Reuters.

A maior montadora dos EUA começará suspendendo as atividades da fábrica de Fort Wayne, no Estado de Indiana, já a partir da próxima semana, por tempo indeterminado. A fábrica de Silao, no México, também será afetada — ambas são especializadas na produção de picapes.

Leia mais: “Produção de veículos cai 2% em julho e tem pior resultado para o mês em 18 anos”

-Publicidade-

Ao todo, a GM está cortando ou diminuindo a produção em oito fábricas nos EUA.

Leia também: “Renault paralisa operações pela terceira vez neste ano”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro